Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 04-03-2024
    Evento
    Cremesp participa da posse da nova diretoria da Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB)
  • 04-03-2024
    Apoio aos residentes
    Cremesp entra com ação Amicus Curiae em favor dos aprovados na Residência Medica do Iamspe que tiveram sua posse suspensa
  • 01-03-2024
    Anuidade PF 2024
    Médicos têm até 31 de março para pagamento ou parcelamento sem acréscimos
  • 01-03-2024
    Vale do Ribeira
    Inauguração da nova sede do Cremesp em Registro melhora infraestrutura médica na região
  • Notícias


    01-02-2016

    Saúde Pública

    Bráulio Luna Filho participa de debate na TV Cultura sobre a precariedade do setor

     

    Em entrevista ao JC Debate, na TV Cultura, o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Bráulio Luna Filho e o coordenador do curso de especialização e administração hospitalar e sistemas de saúde da FGV-SP, Walter Cintra Ferreira Junior falaram sobre os principais problemas da saúde pública no Brasil.

    Entre os motivos que justificam um atendimento de saúde tão precário no Brasil, o presidente do Cremesp explica que o problema crucial do sistema brasileiro é a maneira como ele é financiado e como ele se propõe a ser organizado.

    “O sistema brasileiro começou pelo fim. Com a Constituição de 1988 e a ideia do sistema único de saúde, a grande maneira de implementar o sistema foi de início municipalizar, transferir a responsabilidade que era mais ou menos compartilhada em nível central e estadual para os municípios. Isso é uma ideia muito boa, é a ideia que os municípios tem contato com a população e eles passam a ter a responsabilidade com os recursos transferidos. Só que não aconteceu uma coisa nem a outra. Os recursos não são transferidos na quantidade necessários e os municípios não tem condição de fazer um atendimento de maneira adequada”, afirmou Luna Filho.

    Para Ferreira Júnior, os problemas são notórios e reconhecidos. “Falta de recursos, falta de gerenciamento. E porque não se resolve? Porque os políticos estão sendo reeleitos, não estão resolvendo o problema, e a população, de alguma maneira, não está sabendo exigir”, explica.

    Veja a íntegra da entrevista abaixo.

     

     

     

    Tags: culturadebateprecariedadeTVsetorsaúde.

    ESTA MATÉRIA AINDA NÃO FOI COMENTADA:

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 468 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2024 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 358 usuários on-line - 468
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior

    O CREMESP utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no site implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Cookies do CREMESP. Saiba mais em nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.