Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 11-06-2024
    Conversa com o Cremesp
    Sextanistas da USP puderam tirar dúvidas sobre ética na prática médica durante encontro com conselheiros
  • 07-06-2024
    Ação solidária
    Cremesp agradece aos médicos que se voluntariaram para atender às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul
  • 06-06-2024
    Cerimônia em Limeira
    Cremesp dá início às homenagens de 2024 para médicos com mais de 50 anos de profissão
  • 06-06-2024
    Procedimentos estéticos invasivos
    Nota Oficial do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp)
  • Notícias


    29-03-2015

    Mais Médicos

    Levantamento do Tribunal de Contas da União aponta fragilidades no Programa


    A auditoria realizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) identificou “fragilidades” no Programa Mais Médicos. De acordo com o levantamento do tribunal, feito entre junho de 2013 e março de 2014, houve falhas na supervisão dos profissionais integrantes. Dos 13.790 participantes, pelo menos 4.375 (31,73%) não tinham supervisores indicados no sistema informatizado do Ministério da Saúde. A tutoria estava prevista na lei que criou o programa, uma vez que os profissionais faziam especialização e muitos não tinham registro brasileiro.

    Alguns integrantes do programa também apontaram dificuldades para exercício das atividades. De acordo com o TCU, foram entrevistados 114 médicos e 35% deles relataram que em algum momento tiveram problemas de comunicação por causa das barreiras linguísticas. Antes da mais recente contratação do programa, em janeiro de 2015, mais de 87% dos participantes era formada fora do país – 79% eram cubanos.
    O levantamento aponta ainda que profissionais formados fora do Brasil, que deveriam ter desempenho mínimo em avaliação para clinicar, começaram a trabalhar mesmo tendo obtido notas insuficientes, inclusive em tópicos relacionados à saúde.

    Em entrevista à Agência Brasil, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, afirmou que as falhas apontadas eram “fruto do processo de implantação do programa”, que coincide com o período de auditoria do TCU, e que foram solucionadas.  Ainda segundo o ministro, o problema de falta de tutores aconteceu apenas no começo e foi corrigido.  
    O tribunal recomendou ao Ministério da Saúde que em 90 dias remeta plano de ação contendo cronograma de implementação de medidas corretivas com relação às fragilidades identificadas.

    Acesse o Relatório do TCU na íntegra:


    Com informações da Agência Brasil


     

     

    Tags: TCUprogramaMais Médicosirregularidadessupervisãoprofissionaismédicos.

    ESTA MATÉRIA AINDA NÃO FOI COMENTADA:

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 298 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2024 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 326 usuários on-line - 298
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior

    O CREMESP utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no site implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Cookies do CREMESP. Saiba mais em nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.