Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 17-05-2024
    Pré-eclâmpsia
    Área Técnica da Mulher e Comitê de Mortalidade Materna promovem evento online 
  • 17-05-2024
    Prescrição médica
    Anvisa aprova normativa para controle mais severo de medicamentos como o zolpidem e zopiclona
  • 17-05-2024
    Controle epidemiológico
    Cremesp defende reinserção à OMS de Taiwan, considerada área de alto risco de coronavírus
  • 15-05-2024
    Força-tarefa RS
    Cremesp apoia ação humanitária de profissionais da saúde às vítimas das enchentes
  • Notícias


    30-10-2013

    Mauro Aranha

    Por uma vitória sem vencidos

    “A sociedade carece de universalidade em ações e benefícios, com excedentes justos tão somente aos vulneráveis”

     

    Graves embates prosperam no País e, sem ao menos sequer pequenas renúncias recíprocas das partes litigantes, amplia-se o fosso entre grupos e esferas de interesse, dizimando-se, cada vez mais, o ideário humano de viver (e diferir) em valores de pertença e comunidade.

    Governos e Conselhos, médicos e não médicos, representantes e representados. Não importa, aqui, o mérito das polaridades envolvidas, ou mesmo a per¬tinência de suas respectivas fundamentações, pois, ao prevalecer qualquer espécie de intransigente ou irrenunciável posição, a sociedade terá de haver com lacunas e excluídos.

    Mais que a verdade (se uma houver, e se apenas uma), e que a afirmação de privilégios e identidades, a sociedade carece de universalidade em ações e benefícios, com excedentes justos tão somente aos vulneráveis. Não são os intentos daqueles que clamam, orgulhosos, enganosos discursos de meias verdades.

    As passeatas de junho prolongam seu curso no espaço e no tempo por, dentre outros, educação e saúde, bens primários que o Estado lhes deve. Corpo e espírito de um sonho futuro que se quer realidade. E o real, ainda hoje, é um duelo insensível de vaidade e poder que se querem razão de impor e ferir. Até quando?

    No Sistema Único de Saúde, enquanto houver um só homem sem assistência e reconhecimento, maior razão assiste à prudência e à tolerância. E mais, é preciso aceitar que algumas das deliberações públicas sejam apenas incrementais, quando impotentes por ora para abarcar a totalidade dos problemas. Que as ações postas, no entanto, amealhem esforços e convirjam em busca de uma coerência sistêmica do conjunto crescente. E se louros forem colhidos pelos seus idealizadores de então, que o sucesso não vele o ainda mais a ser feito, a legião restante de desassistidos.

    Por um País realmente de todos, equânime e sem vencidos.

     

    Mauro Gomes Aranha de Lima é vice-presidente do Cremesp

     

     

    Tags: Mauro AranhaSUSsaúdecarreiraformação.

    ESTA MATÉRIA AINDA NÃO FOI COMENTADA:

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 85 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2024 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 385 usuários on-line - 85
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior

    O CREMESP utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no site implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Cookies do CREMESP. Saiba mais em nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.