Jornal da Record - Medicamentos importados - 19/04/2016


Para o Jornal da Record, vinculado no dia 19/04 às 21h30, e para a edição do Jornal Fala Brasil, da Record, veiculado no dia 23/04 às 08h30, o primeiro secretário do Cremesp, Bráulio Luna Filho, falou sobre o uso de pacientes como teste de drogas, como o recente esquema de importação de medicamentos de um laboratório americano acusado de usar pacientes no Brasil para testes, com as pílulas norte-americanas Juxtapid. Sobre o assunto, Luna Filho falou sobre a regulamentação da indicação dos medicamentos por parte dos laboratórios com os médicos. ”Uma lei foi aprovada pelo Congresso Americano que torna obrigatório que todos os laboratórios e indústrias de equipamentos, e que tenham algum tipo de despesa com o médico, disponibilize no site do governo”.

Luna Filhou explicou, ainda, que o esquema de teste de medicamentos e as ações de importação de remédios podem ter ocorrido com outros medicamentos. “Existe um minicartel de profissionais com interface com laboratórios, que muitas vezes financia a assessoria jurídica e que termina drenando determinados pacientes para aquele consultório. Quando isso acontece é caracterizado um esquema criminoso”.



Acesse aqui.



Este conteúdo teve 779 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede - Consolação: Rua da Consolação, 753
Centro - São Paulo/SP - 01301-910

Sede - Luís Coelho: Rua Luís Coelho, 26
Consolação - São Paulo/SP - 01309-900

Subsede - Vila Mariana: Rua Domingos de Moraes, 1810
Vila Mariana – São Paulo/SP - 04010-200

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 5908-5600 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2017 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 234 usuários on-line - 779
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior