PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

PÁGINA 1
Ponto de partida


PÁGINA 4 a 9
Entrevista


PÁGINA 10 e 11
Crônica


PÁGINA 12 a 15
Conjuntura


PÁGINA 16 a 19
Vanguarda


PÁGINA 20 a 26
Debate


PÁGINA 27 A 29
Em foco


PÁGINA 30 E 31
Giramundo


PÁGINA 32 E 33
Ponto com


PÁGINA 34 E 35
Hobby


PÁGINA 38 a 40
Cultura


PÁGINA 42 A 46
Turismo


PÁGINA 47
Médicos que escrevem


PÁGINA 48
Fotopoesia


GALERIA DE FOTOS


Edição 84 - Julho/Agosto/Setembro de 2018

PÁGINA 1

Ponto de partida

Assuntos polêmicos e relevantes

polêmica é sempre salutar quando se trata de argumentos bem embasados que esclarecem os prós e os contras de determinado tema, colaborando para tomadas de posição responsáveis e seguras. É o caso do importante debate desta edição da Ser Médico sobre guardar ou não o sigilo médico em relação à atividade sexual de menores de 14 anos.

Tendo como pano de fundo o Parecer 55/2015 do Conselho Federal de Medicina (CFM), que defende o compartilhamento da informação com os pais, duas colegas médicas respeitáveis e experientes – Adriana Scavuzzi e Maria Ignez Saito – expuseram seus pontos de vista antagônicos, com clareza e conhecimento, para que possamos evoluir em nossa conduta sobre questão tão sensível para nossos adolescentes e seus responsáveis, bem como para nós, médicos.

Igualmente complexos são os temas “eutanásia ativa” e “suicídio assistido”, que também provocam controvérsias suscetíveis de despertar debates acalorados proporcionais à sua enorme importância em relação à terminalidade da vida com dignidade. Nem sempre, contudo, em decorrência de um tabu que se estabeleceu no meio médico e na sociedade brasileira, sua abordagem é feita abertamente.

Daí a importância da entrevista com um dos expoentes da Bioética no País, Sérgio Ibiapina, que trata dessas questões com coragem, concordemos ou não a esse respeito. “No pleno exercício do princípio da autonomia, qualquer indivíduo poderá optar por receber cuidados paliativos, caso esteja em fase final de vida, ou escolher por antecipar a morte, voluntariamente e de forma reiterada, mediante a utilização de condutas eutanásicas, nos países onde tais práticas sejam permitidas”, defende o ex-presidente do CFM.

Outros assuntos interessantes certamente merecem a atenção dos leitores. É o caso do transplante hepático com febre amarela, procedimento inédito no mundo, realizado recentemente no Hospital das Clínicas da FMUSP; a análise crítica sobre a internação de jovens infratores, apontando alternativas socioeducativas mais eficazes; e o excelente texto a respeito das diferenças entre Slow Medicine e Fast Medicine.

Corais musicais, turismo e as demais seções completam esta edição, proporcionando
leituras mais leves, sempre dentro da proposta de que ser médico é ser humano. Boa leitura!

Lavínio Nilton Camarim
Presidente do Cremesp


 


Este conteúdo teve 207 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2018 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 219 usuários on-line - 207
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior