PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

PONTO DE PARTIDA (pg.1)
João Ladislau Rosa - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pg. 4)
Fang Zhouzi


CRÔNICA (pg.10)
Antonio Prata


EM FOCO (pg.12)
Wagner dos Santos Figueiredo


DEBATE (pg.16)
Solera/Yonamine/Carrazza


CONJUNTURA (pg.22)
Bebidas alcoólicas: consumo e propaganda


SINTONIA (pg.26)
Especialidades médicas


GIRAMUNDO (pg. 30)
Curiosidades de ciência e tecnologia, história e atualidades


PONTO.COM (pg. 32)
Informações do mundo digital


HISTÓRIA DA MEDICINA (pg.34)
Cientistas brasileiros e o Nobel


LIVRO DE CABECEIRA (pg.37)
Jürgen Thorwald


CULTURA (pg. 38)
Chang Dai-chien


CARTAS & NOTAS (pg.43)
Ser Médico bombou na web!


TURISMO (pg. 44)
Gramado, Caxias do Sul, Canela.. quem resiste?


FOTOPOESIA (pg.48)
Salomão Souza


GALERIA DE FOTOS


Edição 66 - Janeiro// de 2014

CARTAS & NOTAS (pg.43)

Ser Médico bombou na web!


Ser Médico 65 teve milhares de acessos na internet

 

O post sobre a edição 65 da Ser Médico, que apresentou a manchete No exterior, Revalidação é mais rigorosa, teve 13.776 visualizações na internet, a partir da página do Cremesp no Facebook, número que está entre os mais altos em termos de acesso de matérias jornalísticas no espaço do Conselho na rede social, e que pode ser considerado “viral” (quando a informação é acessada e repassada por milhares de internautas). A reportagem ouviu médicos brasileiros que trabalham nos Estados Unidos, Canadá, França, Itália e Inglaterra sobre processos de Revalidação de diplomas nesses países. Em todos, os mecanismos que controlam a entrada de profissionais da Medicina são muito mais rigorosos que o processo de revalidação de diplomas médicos estrangeiros feito no Brasil, que inclui o Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira), realizado uma vez por ano em universidades federais.

A edição 65 da Ser Médico pode ser lida no site www.cremesp.org.br, em versão html (texto e imagens) ou digital (tal como foi impressa). Para acessar a página do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo no Facebook é só digitar a palavra Cremesp na janela de busca de sua página na rede social.
 



Médicos transexuais

“Parabéns à Ser Médico pelo excelente trabalho: conteúdo, apresentação etc. É minha leitura obrigatória, de fio a pavio... E depois guardo na coleção. Achei muito interessante a matéria sobre médicos transexuais, no último número da revista” (N. R.: edição 65). Rubens Lara Nunes - Médico homeopata, São Paulo (SP)


Lago Medusa

“Primeiramente, parabéns pela excelente revista que nos enviam e que eu sempre leio inteiramente! Mas na edição da Ser Médico 65 há uma informação incorreta na página 32, seção Giramundo. Na matéria “Lago Medusa”, diz-se claramente que: “Todo animal que ousa tocar suas águas é transformado em pedra”. Lendo isto, fui pesquisar sobre o Lago Natron e, na rea­lidade, não é verdade. Sabe-se que as fotos do livro citado na matéria são de animais que foram encontrados mortos à margem do lago, por motivos desconhecidos, e colocados em posições fotográficas pelo autor do livro, pois ele achou interessante o estado de conservação dos animais. Essa conservação deve-se provavelmente ao excesso de sal e outros fatores locais, que ao invés de decomposição, leva à calcificação. Ou seja, não foi um simples toque ou mergulho nas águas do lago”. Cassio E. P. Silva - Médico Cirurgião, Dracena (SP)

 

 

 


Este conteúdo teve 58 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 124 usuários on-line - 58
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior