PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL
Nesta edição, uma entrevista, inteligente e informal, com o bibliófilo José Mindlin


ENTREVISTA
José Ephim Mindlin: inteligência, lucidez e bom humor numa entrevista surpreendente!


CRÔNICA
Crônica de Artur Xexéu: Dr. Kildare versus Dr. Casey... Você lembra desses seriados médicos?


MEIO AMBIENTE
Estado do Amazonas: as comunidades indígenas e o (difícil) acesso à saúde


CONJUNTURA
A difícil rotina dos médicos intensivistas em UTI pediátrica é tema de tese de doutorado


SINTONIA
Veja o que diz Lynn Silver, subsecretária de Saúde de NY, sobre o sistema de saúde norte-americano


DEBATE
Debate sobre Custos e Qualidade no atendimento à saúde reúne Cremesp, HSL e Unimed


HOMENAGEM AO DIA DA MULHER
Texto de Isac Jorge Fº, rico em detalhes, traz a triste história das mulheres ditas "feiticeiras"...


GOURMET
Prepare-se para sentar-se à mesa e saborear duas receitas simples, mas deliciosas!


HOBBIE
Acredite: médico e artista cria nova técnica de pintura a partir da expressão de rabiscos


COM A PALAVRA
Pra descontrair, consulte o Pequeno Glossário de Chistes Médicos, de Christopher Peterson


TURISMO
Ilha Grande... ah... essa viagem você tem que fazer! Fotos e texto transportam você para lá, virtualmente...


CARTAS & NOTAS
Aqui, você tem um espaço aberto para comunicar-se com nossa editoria


LIVRO DE CABECEIRA
Para quem gosta de uma boa leitura, Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda


POESIA
Poesia de E. E. Cummings, do livro 40 Poem(a)s


GALERIA DE FOTOS


Edição 38 - Janeiro/Fevereiro/Março de 2007

GOURMET

Prepare-se para sentar-se à mesa e saborear duas receitas simples, mas deliciosas!


O verão pede frutos do mar

Cirurgiã da terra do frevo e do maracatu prepara receitas simples, mas saborosas

Verão, calor, praia e.... frutos do mar... Humm! Para a cirurgiã e delegada do Cremesp, Ana Elizabete Carvalheira Kirzner, nascida no Recife, essa combinação é perfeita para o prazer dos cinco sentidos. A preferência pela cozinha litorânea é “absolutamente natural” para quem vem de Pernambuco. A terra do frevo e do maracatu tem uma rica e saborosa tradição culinária, com influências do índio, negro e europeu, cujo forte são os pratos a base de pescados.

Receitas com peixes e frutos do mar são muito populares no Nordeste brasileiro, explica Ana Elizabete. “Cada Estado, cidade, família ou pessoa desenvolve a sua versão de uma receita tradicional – como da caldeirada, por exemplo – que se diferenciam umas das outras pelos ingredientes complementares, ervas e temperos”, completa.

“Cozinhar é como trabalhar num laboratório de química. A gente vai misturando os ingredientes e experimentando, até chegar ao sabor e consistência perfeitos”, ensina a médica formada pela Universidade Federal de Pernambuco e especializada em cirurgia de cabeça e pescoço. Ana Elizabete mora em São Paulo desde 1992, atuando no Hospital de Guarulhos.
 
Ela confessa que não sabia cozinhar praticamente nada até o final de seu primeiro casamento. “Aprendi por necessidade”. Há dois anos interessou-se mais seriamente pelo assunto, executando receitas de livros e desenvolvendo as suas próprias. Mãe de duas garotas de 11 e 17 anos e um menino de 16, a médica se define como uma cozinheira de fim de semana que gosta de inventar pratos, misturando ingredientes “para ver no que vai dar”. Este ano a cirurgiã pretende iniciar um curso de culinária japonesa. Adivinhem quais receitas ela quer aprender! “Todas aquelas à base de pescados”.

A intimidade com o assunto cresce a cada dia: “a culinária é uma atividade social prazeirosa. Quando se cozinha em companhia de alguém, conversando, nem notamos o tempo passar. Também é fundamental ter companhia para saborear, aprovar ou até mesmo reprovar o que você acaba de fazer. Meu atual companheiro é o meu grande incentivador e me acompanha em todas as viagens culinárias”, revela.

E foi mais ou menos assim que Ana preparou dois deliciosos pratos especialmente para esta edição da Ser Médico. Enquanto cortava pimentões, cebola, lulas e tomates, ela conversava e dava dicas à equipe. “Saber escolher onde comprar os ingredientes é parte fundamental do processo, principalmente frutos do mar que são delicados, altamente perecíveis e precisam ser acondicionados adequadamente”. A médica também lembra que “quanto mais frescos os ingredientes, mais saboroso é o resultado final”. Assim, sempre que possível, utilize os produtos in natura em vez de congelados ou enlatados.

Como entrada, Ana preparou um delicioso Camarão Flambado e, como prato principal, a sua irresistível criação batizada de Frutos do Mar à Moda Carvalheira, acompanhado por arroz branco.

Entrada
Camarão flambado

Ingredientes
- 6 camarões grandes (pistola), com casca e sem cabeça
- 2 tomates frescos picados em cubinhos (sem pele e sem miolo)
- 1 pimentão verde picado em cubinho
- 1 colher de cebolinha picada
- 3 colheres (sopa) de azeite de oliva
- Um cálice de conhaque
- 1 colher (sopa) de suco de limão
- Sal

Preparo
Tempere os camarões com sal e limão. Em uma panela tipo caçarola, ferva dois litros de água. Durante a fervura, coloque meia colher de sopa de sal e os camarões por 3 minutos aproximadamente. Numa tigela, reserve cerca de um litro e meio de água com gelo. Escorra os camarões e coloque-os rapidamente na água bem gelada (isso faz com que a casca se solte facilmente, mantendo uma textura agradável ao paladar). Deixe por 3 a 5 minutos. Retire as cascas dos camarões, deixando apenas a última parte, junto com a cauda.

Esquente o azeite numa frigideira grande. Despeje o tomate, o pimentão e os camarões. Em seguida regue com meio cálice de conhaque e deixe flambar por uns 30 segundos. Abafe o fogo com uma tampa grande de panela. Vire os camarões, deixe esquentar por um minuto no máximo, regue com o resto do conhaque e deixe flambar mais um pouco. Sirva quente.

Prato principal
Frutos do mar à moda Carvalheira


Ingredientes  (porção para seis pessoas)
- 1 kg de camarões médios
- 400 grs de lula em anéis
- 400 grs de vôngoli
- 400 grs de mariscos (tipo mexilhão)
- 4 colheres de sopa de azeite de oliva
- 1 cebola grande
- 4 dentes de alho
- 3 tomates
- 1 pimentão verde
- 1 pimentão vermelho
- 1 pimentão amarelo
- 1 garrafinha pequena (250 mls) de leite de coco
- 2 colheres de chá de curry
- 1 colher de chá de pimenta calabresa em flocos
- Sal e limão

Preparo
Em um recipiente grande, tempere os frutos do mar com sal e limão a gosto e deixe marinando. Pique a cebola, os pimentões e os tomates em tamanho médio. Refogue a cebola e o alho em azeite bem quente, acrescente os tomates, os pimentões e os frutos do mar. Deixe cozinhar por 8 ou 10 minutos, mexendo sempre bem devagar. Acrescente a pimenta em flocos, o curry e, se necessário, mais sal. Quando o molho reduzir um pouco, acrescente o leite de coco e deixe ferver por 3 a 5 minutos. Sirva acompanhado de arroz branco.

(Colaborou, Thulio Pompeu


Fotos: Osmar Bustos


Este conteúdo teve 54 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 240 usuários on-line - 54
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior