Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 17-11-2017
    Anuidade 2018
    Contribuir com o Cremesp é fortalecer a sua profissão: veja os benefícios para o pagamento da anuidade
  • 17-11-2017
    Ato Médico
    Justiça nega pedido de liminar dos optometristas contra o Cremesp
  • 17-11-2017
    Educação médica
    Moratória vai proibir abertura de novos cursos de medicina no país por cinco anos
  • 17-11-2017
    Qualidade
    Cremesp é recomendado pela Fundação Vanzolini para certificação ISO 9001
  • Notícias


    14-11-2017

    Solenidade

    Cremesp é homenageado em solenidade na Alesp 

    Lavínio Nilton Camarim fala durante a sesão solene 

    Cerca de 200 médicos e representantes de instituições de saúde e dos principais hospitais paulistas se reuniram na noite desta segunda-feira (13/11), na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), em uma sessão solene para homenagear os médicos paulistas e os 60 anos do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp).

    Presidida pelo deputado estadual Fernando Capez, a solenidade foi convocada pelo presidente da Casa, o deputado Cauê Macris, e contou com a presença do presidente do Cremesp Lavínio Nilton Camarim, dos secretários estadual de Saúde, David Uip, e municipal, Wilson Modesto Pollara, do superintendente do Hospital Sírio-Libanês, Antonio Antonieto, e do presidente do Hospital Israelita Albert Einstein, Sidney Klajner.

    O Cremesp foi o principal homenageado da noite, por completar, neste ano, 60 anos de criação e pela defesa do exercício da boa medicina. A história do maior conselho de medicina do País foi destacada durante a apresentação de um vídeo institucional e, também, no livro “Cremesp 60 anos – Valores, Atitudes e Desafios”, distribuído entre os presentes.

    Sesão solene na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

    “É uma honra, no ano de aniversário do Conselho e em um momento tão difícil para a medicina no País, receber esta homenagem da Assembleia e poder ainda, representar toda a categoria médica. Além disso, reforçamos temas de extrema relevância para o setor de saúde nacional, por exemplo, a importância da qualidade dos cursos de medicina e da formação médica para o atendimento humanizado e de qualidade aos pacientes”, afirmou Camarim, representando o Cremesp.

    O deputado Fernando Capez fez questão de destacar a importância dos feitos médicos na vida dos cidadãos paulistas. "Os médicos aqui presentes e grande parte de toda a classe médica se dedicam, durante toda a vida, a salvar vidas e, para esta Casa de Leis, é uma honra realizar, nesta noite, esta sessão solene", reforçou.

    Raul Cutait, cirurgião do Hospital Sírio-Libanês, também defendeu a preocupação com a formação dos novos médicos. "Nesta festividade, além da homenagem a todos os médicos não posso deixar de reforçar a preocupação com ao futuro da medicina e, acima de tudo, com a saúde dos pacientes. Temos 400.000 médicos atuando no País e este número é alarmante. Peço que reflitamos e tomemos atitudes em prol da qualidade dos cursos oferecidos para que se formem médicos de qualidade", desabafou Cutait.

    Em seguida, Klajner endossou as palavras de Cutait e completou: "Os novos e futuros médicos devem manter suas atitudes no bem-estar dos pacientes. Temos que manter a excelência no atendimento e prestar a melhor medicina", reforçou.

    O secretario estadual de saúde, David Uip, ressaltou o trabalho do médico no SUS. "A saúde do Estado de São Paulo é uma saúde que vai muito bem, é exemplar, do ponto de vista público e privado. É uma saúde de liderança, uma saúde que tem competência de atender 40% da média e alta complexidades do Brasil", finalizou Uip.

    Dez entidades médicas, representadas pelo cirurgião plástico Luiz Carlos Ishida, 16 hospitais do Estado de São Paulo, representados pelos presidente do Hospital Israelita Albert Einstein Sidney Klajner e pelo cirurgião do Hospital Sírio-Libanês Raul Cutait, e nove escolas de medicina, representadas pelo educador Antonio Veronezi, também foram homenageadas na ocasião.

    Campanha de obrigatoriedade do Exame do Cremesp ganhou destaque
     
    Após receber a homenagem na Solenidade, Camarim também fez questão de divulgar a campanha pela obrigatoriedade de um Exame Nacional de Medicina, nos moldes do Exame do Cremesp.

    "Há 13 anos aplicamos a prova aos novos médicos paulistas para garantir que, no mercado, ingressem profissionais de qualidade e que, acima de tudo, lutem pela prática da boa medicina. É desta forma que conseguiremos mensurar e exigir a boa formação das escolas médicas e que poderemos garantir o atendimento humanizado e próximo aos nossos pacientes", reforçou o presidente.

    O Exame é uma importante ferramenta de preparo dos recém‐formados em Medicina e no aperfeiçoamento do ensino oferecido no Estado de São Paulo. O Cremesp mantém a campanha pela obrigatoriedade do Exame por prazo indeterminado e, por meio de petição on-line é possível acompanhar a evolução das assinaturas.

    A meta será alcançar um milhão assinaturas para serem encaminhadas ao Congresso Nacional e pressionar pela aprovação de uma Lei que torne obrigatório o Exame para recém-formados, a exemplo do que ocorre com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Para participar clique aqui.

    O Exame do Cremesp é aplicado por meio de teste cognitivo, abrangendo as áreas essenciais da Medicina. A prova é composta de 120 questões de múltipla escolha, contendo as áreas de Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Saúde Pública, Epidemiologia, Saúde Mental, Bioética e Ciências Básicas. Alunos de Medicina de todo o país podem participar do Exame do Cremesp.

    Galeria de fotos:

     

     

    Legendas da esq. para dir.: 1) Presidente do Cremesp na mesa de abertura do evento na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo; 2) Autoridades com a placa de homenagem; 3) Lavínio Nilton Camarim concede entrevista sobre a homenagem; 4) Discurso do presidente do Cremesp na sessão solene.

    Fotos: Osmar Bustos


    ESTA MATÉRIA AINDA NÃO FOI COMENTADA:

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 326 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede - Frei Caneca: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - 01307-002

    Subsede - Vila Mariana: Rua Domingos de Moraes, 1810
    Vila Mariana – São Paulo/SP - 04010-200

    Sede - Consolação: Rua da Consolação, 753
    (Sem atendimento ao público)
    Centro - São Paulo/SP - 01301-910

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 5908-5600 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2017 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 159 usuários on-line - 326
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior