Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 15-12-2017
    Nota Técnica
    Cremesp repudia CPI que questiona Icesp sobre condução de pesquisa da “pílula do câncer”
  • 15-12-2017
    Optometristas
    Ação do Cremesp pede indenização de R$ 1 milhão por exercício ilegal da Medicina
  • 15-12-2017
    São Paulo
    Camarim reúne Conselheiros e Delegados do Cremesp
  • 15-12-2017
    Capital
    Funcionários das Delegacias Regionais do Cremesp recebem treinamento
  • Notícias


    14-07-2017

    Ensino Médico

    Cremesp participa do I Colóquio Acadêmico para discutir as condições do ensino médico no Brasil

    O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) participou, nesta sexta-feira (14/7), da cerimônia de abertura do I Colóquio Acadêmico, realizado pela Federação Brasileira de Academias de Medicina (FBAM), pela Academia de Medicina de São Paulo e pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Krikor Boyaciyan, corregedor do Cremesp, representou o Conselho na solenidade de abertura do evento que debate o ensino médico no País, na sede da Associação Médica Brasileira (AMB), em São Paulo.

    “Nós somos os maiores interessados nesse segmento educacional e sempre estivemos presente nas discussões do Ensino Médico, que é uma importante questão”, afirmou Boyaciyan. O presidente da Associação Paulista de Medicina (APM), Florisval Meinão, também destacou a relevância do tema. “Nós sabemos que os critérios utilizados para a abertura de escolas médicas não obedecem ao rigor e à qualidade de formação, e vemos com grande preocupação o futuro dos novos médicos”, declarou Meinão. Para ele, o evento trará contribuições à comunidade médica, aprofundando um debate necessário.  

    Krikor Boyaciyan, corregedor do Cremesp, representou o Conselho no evento

    Os desafios do Ensino Médico no atual cenário brasileiro foram destacados por Sigisfredo Brenelli, presidente da Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM). “Há uma grande quantidade de escolas médicas, pouca infraestrutura, difíceis quadros de aprendizagem e falta de capacitação dos professores. Essas escolas têm um desafio de formar um profissional que dê conta da necessidade da população brasileira”, afirmou.

    A mesa de abertura foi composta também por José Roberto Baratella, presidente da Academia de Medicina de São Paulo, José Hamilton Maciel, presidente da Federação Brasileira de Academias de Medicina (FBAM), Carlos Vital Corrêa Lima, presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM) e Florentino de Araújo, presidente da Associação Médica Brasileira (AMB).

     

    Avaliação dos egressos

    Na segunda parte do Colóquio, o coordenador do Centro de Bioética do Cremesp, Reinaldo Ayer, participou de mesa redonda para apresentar a trajetória e análise dos 12 anos em que o Exame do Cremesp realiza a avaliação dos egressos de Medicina no Estado de São Paulo. “As questões do Exame do Cremesp exigem conhecimentos básicos, é o tipo de conhecimento que se espera que um profissional tenha”, afirmou.

    Reinaldo Ayer participa de mesa redonda

    A discussão continuou em torno da importância da avaliação do ensino médico. O professor Lucio Flávio Gonzaga Silva, conselheiro do CFM, abordou a situação das aberturas de escolas médicas no País e a luta para a regulação das escolas e a formação de profissionais bem preparados. Ainda apresentou uma pesquisa feita pelo instituto de pesquisa Datafolha, que mostrou que 91% da população aprova uma avaliação no último ano da graduação para obtenção do diploma. “Não podemos fugir desse olhar da sociedade”, diz Gonzaga Silva.

    “Há duas formas de avaliação do ensino médico: avaliando as escolas e avaliando os alunos individualmente, e são complementares”, ressaltou Milton de Arruda Martins, coordenador do Sistema de Acreditação de Escolas Médica (Saeme). O programa conta com o apoio do CFM e da Associação Brasileira de Educação Médica, buscando que a acreditação oferecida pela instituição passe a ser fundamental para um curso de medicina ser socialmente reconhecido.

    Fotos: Osmar Bustos


    ESTA MATÉRIA AINDA NÃO FOI COMENTADA:

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 926 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede - Frei Caneca: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - 01307-002

    Subsede - Vila Mariana: Rua Domingos de Moraes, 1810
    Vila Mariana – São Paulo/SP - 04010-200

    Sede - Consolação: Rua da Consolação, 753
    (Sem atendimento ao público)
    Centro - São Paulo/SP - 01301-910

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 5908-5600 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2017 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 155 usuários on-line - 926
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior