Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 30-03-2017
    Plenária Temática
    Cremesp promove debate sobre precarização do trabalho médico e suas consequências na assistência à saúde
  • 29-03-2017
    Plenária Aberta
    Ministério da Saúde e ANS são criticados por falta de transparência por proposta de planos de baixa cobertura
  • 29-03-2017
    Atendimento
    Em 11 anos, o SUS perde quase 40% de seus leitos de internação em psiquiatria
  • 28-03-2017
    NRM
    Vice-presidente do Cremesp visita São Carlos e recebe garantia de pagamento para médicos da Santa Casa e UPAs
  • Notícias


    26-04-2016

    Campanha

    Cremesp e Coren-SP unidos para enfrentar a violência aos profissionais de saúde


    Mauro Aranha e Fabíola Mattozinho: novas iniciativas para alertar autoridades

    Com o objetivo de planejar ações imediatas para a defesa dos profissionais de Enfermagem e Medicina, os presidentes do Cremesp, Mauro Gomes Aranha de Lima, e do Coren-SP, Fabíola de Campos Braga Mattozinho, reuniram-se em 18 de abril de 2016, na nova sede do Conselho de Medicina.

    Um dos principais assuntos da pauta foi a continuidade da campanha contra a violência aos trabalhadores da saúde, encabeçada pelas duas instituições desde o fim de 2015. Ultimamente, tem se multiplicado o caso de agressões contra médicos e profissionais de Enfermagem. Há menos de uma semana, uma enfermeira foi esfaqueada dentro da Unidade Básica de Saúde da Vila Lucinda, em Santo André.

    Também são recorrentes os episódios truculentos contra os profissionais de Medicina. Dias atrás, um médico do Hospital Cândido Fontoura sofreu ameaça de familiar de paciente e o próprio secretário de Saúde do Estado de São Paulo, David Uip, foi ameaçado de morte, em carta anônima, em um caso envolvendo medicamentos e judicialização.

    Cremesp e Coren-SP já planejam novas iniciativas para alertar as autoridades de segurança e gestores sobre a necessidade de medidas de conscientização e prevenção serem tomadas imediatamente. A campanha que nesse momento se desenrola tem o slogan “Quando um profissional de saúde é agredido, quem perde é o paciente”. Ocupa espaços publicitários no metrô, rádios da capital e interior; e na internet, em sites, blogs e redes sociais. Além de cartazes em instituições de saúde e distribuição de camisetas, a imprensa realizou diversas matérias alertando a sociedade sobre a situação dos profissionais de saúde agredidos.

    Na reunião entre os presidentes do Coren-SP e Cremesp também foi pactuada a continuidade de fiscalizações conjuntas, estratégia adotada há cerca de um ano, que vem dando bons resultados. Atualmente, o Ministério Público apura irregularidades em alguns hospitais de São Paulo, graças a esse trabalho dos dois Conselhos.

     

    Tags: ViolênciaprofissionaissaúdemedicinacampanhaCremesp.

    Veja os comentários desta matéria


    A violência contra os profissionais da saúde é uma dura realidade que se repete diariamente no Brasil, e que acarreta diversos reflexos na vida do profissional. Em muitos casos o profissional agredido acaba afastado do trabalho por problemas psicológicos, o que tem levado a ações de indenização contra os pacientes.
    Vinicius da Rosa Lima

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 1569 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede - Consolação: Rua da Consolação, 753
    Centro - São Paulo/SP - 01301-910

    Sede - Luís Coelho: Rua Luís Coelho, 26
    Consolação - São Paulo/SP - 01309-900

    Subsede - Vila Mariana: Rua Domingos de Moraes, 1810
    Vila Mariana – São Paulo/SP - 04010-200

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 5908-5600 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2017 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 140 usuários on-line - 1569
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior