Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 20-07-2024
    Movimento do Ato Médico
    Cremesp vence ação civil promovida contra clínica farmacêutica que realizava procedimentos estéticos
  • 19-07-2024
    Evento
    Cremesp realiza entrega de carteiras e honrarias a médicos em São José do Rio Preto
  • 18-07-2024
    Defesa da população
    Cremesp oficia MP e Polícia Civil sobre anúncios divulgados nas redes sociais com atores que se passam por médicos para venda de medicamentos
  • 17-07-2024
    Evento inédito
    Cremesp realizará 1º Simpósio de Acupuntura, que discutirá as patologias tratadas pela especialidade e as novas perspectivas de tratamento
  • Notícias


    11-04-2014

    Plano de Carreira

    Governo de São Paulo sanciona lei sobre a carreira de médico que atua no serviço público


    Alckmin sanciona o PL 59/2013, que define critérios de remuneração para o médico que atua em hospitais do Estado

     

    Após ser aprovado na semana passada pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), o Projeto de Lei Complementar nº 59, de 2013, que altera a legislação sobre a carreira de médico que atua no serviço público no Estado de São Paulo, foi sancionado nesta segunda-feira, 7 de abril, pelo governador do Estado Geraldo Alckmin. O evento ocorreu no Palácio dos Bandeirantes.

    Entre os representantes da classe médica paulista, compareceram na solenidade de assinatura o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), João Ladislau Rosa, e Marun David Cury, Diretor de Defesa Profissional da Associação Paulista de Medicina (APM), além do secretário estadual de Saúde David Uip.
     


    Ladislau (à esq.), ao lado do governador Geraldo Alckmin, e de Marun Cury, no Palácio dos Bandeirantes


    Com a sanção da lei, os médicos com maior tempo de trabalho no serviço público não precisarão regressar à categoria de Médico I. Essa nova legislação estabelecerá três classes: Médico I (até 10 anos de serviço público), Médico II (entre 10 e 20 anos) e Médico III (acima de 20 anos). “Não é justo médicos que, por exemplo, tenham 30 anos de serviços prestados, submeterem-se novamente a uma avaliação para serem enquadrados na categoria de médico III”, afirma Ladislau Rosa.

    Profissionais com títulos de mestrado, doutorado e pós-doutorado poderão receber um bônus de R$ 1.330 até R$ 1.957,50. Segundo o Governo, a medida visa atrair médicos altamente qualificados para a rede pública de saúde.

    Os novos valores valem tanto para os profissionais já atuantes nos hospitais estaduais quanto para os que entrarem por meio de novos concursos, que iniciam a carreira na categoria de Médico I.

    Na tabela abaixo, por exemplo, podem ser conferidos os valores máximos que os médicos Classe I devem receber para 20 horas semanais, acrescidos de valores referentes à gratificação e produtividade, de acordo com agora Lei Complementar 1239, de 08/04/2014 (antigo PLC-59):
     

     

     

     

     

     

    VEJA ÍNTEGRA DA LEI COMPLEMENTAR 1239, DE 08/04/2014

     

    Fotos: Osmar Bustos

    Tags: carreira de médicoEstadoPL 59.

    Este conteúdo teve 300 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO

    Imagem
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2024 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 599 usuários on-line - 300
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior

    O CREMESP utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no site implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Cookies do CREMESP. Saiba mais em nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.