PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (JC pág. 2)
Os resultados da reforma administrativa realizada pelo Conselho nos últimos cinco anos


ENTREVISTA (JC pág. 3)
Dráuzio Varella - em entrevista exclusiva ao JC - confirma seu comprometimento com a Medicina e a Literatura


ATIVIDADES 1 (JC pág. 4)
Interesse pelos módulos de Educação Continuada do Cremesp confirma sucesso da iniciativa também no interior do Estado


ATIVIDADES 2 (JC pág. 5)
Módulos de atualização profissional do Cremesp, na capital, reúnem público recorde na grande maioria dos temas


ATIVIDADES 3 (JC pág. 6)
Destaque para o 4º Encontro Estadual de Diretores Clínicos do Estado de São Paulo


ESPECIAL (JC págs. 7-8-9)
Confira os detalhes da nova Cédula de Identidade Médica e as novidades no atendimento informatizado aos profissionais do Estado


GERAL 1 (JC pág. 10)
Manifestação em Brasília: pela defesa da implantação plena do SUS e valorização do trabalho médico


ENSINO MÉDICO (JC pág. 11)
Divulgada lista de cursos de Medicina sob intervenção do MEC


GERAL 2 (JC pág. 12)
Destaques: o dia-a-dia da médica Sônia Antonini e o sucesso da 29ª edição do Congresso da Socesp


GERAL 3 (JC pág. 13)
Conselheiros do CFM escrevem sobre escolas médicas e qualidade de ensino


ALERTA ÉTICO (JC pág. 14)
Computador para a emissão de receitas e pedidos de exames. Sim ou não?


GERAL 4 (JC pág. 15)
II Congresso de Bioética de Ribeirão Preto: evento promete repetir sucesso da primeira edição


ARTIGO (JC pág. 16)
Cirurgia Geral: Programa Avançado. Segunda especialidade cirúrgica mais procurada na FMUSP


ENCARTE SOBRE ELEIÇÕES - 1
Eleição Cremesp 2008-2013: voto por correspondência agora também na Capital


ENCARTE SOBRE ELEIÇÕES - 2
Processo eletivo será misto: médicos poderão votar por correspondência e pessoalmente


ENCARTE SOBRE ELEIÇÕES - 3
Procedimentos para registro de chapas de candidatos a membros efetivos e suplentes


ENCARTE SOBRE ELEIÇÕES - 4
A legislação brasileira impede que médico estrangeiro vote na eleição dos Conselhos. Por que?


GALERIA DE FOTOS



Edição 248 - 05/2008

ATIVIDADES 2 (JC pág. 5)

Módulos de atualização profissional do Cremesp, na capital, reúnem público recorde na grande maioria dos temas


Módulos do Programa são
sucesso de público na Capital


O conselheiro Gobbo coordena módulo sobre Urologia

Atualização em Urologia foi o tema geral do 16º módulo do Programa de Educação Médica Continuada, realizado nos dias 4 e 5 de abril pelo Cremesp, na Capital. O evento foi prestigiado por um público de aproximadamente 160 profissionais.

Foram abordados os seguintes assuntos: Momento Ético (Henrique Carlos Gonçalves); Cálculos de vias urinárias – Diagnóstico, tratamento e cólica renal aguda (Oscar Eduardo Hidetoshi Fugita); Disfunções sexuais (Waldorp Nilo Lui Filho); Infecção do trato urinário masculino e feminino (Newton Soares de Sá Filho); Patologias da próstata – Diagnóstico e tratamento (Beatriz Helena de Paula Cabral); Doenças urológicas na infância – malformações congênitas, fimose e testículos não palpáveis (Carlos Alberto Monte Gobbo); Urgências  urológicas: “Escroto agudo” (Oscar Eduardo Hidetoshi Fugita); Retenção urinária (Francisco Paulo da Fonseca); Trauma em vias urinárias e genitais (Carlos A. M. Gobbo e Beatriz H. P. Cabral) e Tumores urológicos – O que o clínico deve saber (Francisco Paulo da Fonseca).

Segundo o conselheiro do Cremesp, Carlos Alberto Monte Gobbo, coordenador do evento, “o módulo foi coroado de sucesso e houve um grande interesse da platéia, evidenciado tanto pela presença maciça de participantes, quanto pelo nível das questões apresentadas após as palestras”.

Doação de órgãos
O 17º módulo do Programa de Educação Médica Continuada da Capital, intitulado Otimizando a doação de órgãos – Publicidade e Responsabilidade Médica, realizado nos dias 25 e 26 de abril, atraiu um público de cerca de 90 pessoas. As palestras ministradas se basearam nos seguintes temas: A ética na doação de órgãos (Henrique Carlos Gonçalves); Cuidados necessários com os pacientes em morte cerebral (José Henrique Andrade Vila); O panorama da doação de órgãos no Brasil e em outros países. Como melhorar? (Reginaldo Carlos Boni); O que a Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo disponibiliza aos médicos? (Luiz Augusto Pereira); Critérios diagnósticos de morte encefálica (Getúlio Daré Rabello); Necessidade de preservação da ética na publicidade médica (Lavínio Nilton Camarim).


Henrique Carlos fala sobre ética na doação de órgãos

Uma mesa redonda, coordenada pelo conselheiro do Cremesp, Lavínio Camarim, com o jornalista Arquimedes Pessoni, o advogado Osvaldo Pires Simorelli e o promotor de justiça, José Carlos Guillem Blat, teve como tema Responsabilidade Civil e a Ética Médica.

Segundo Andrade Vila, conselheiro coordenador do PEMC na Capital, o evento foi extremamente proveitoso para os participantes e prestigiado por diversas autoridades da Saúde Pública. “Embora os temas discutidos tenham sido relativamente áridos, suscitaram vivos debates entre os notáveis especialistas e participantes presentes”, declarou o conselheiro.

Reunião do Clube do Fígado analisa casos clínicos

No último dia 6 de maio foi realizada na sede do Cremesp a 3ª reunião deste ano do Clube do Fígado. Essas reuniões acontecem mensalmente, sempre na primeira terça-feira do mês, às 10 horas, e integram o Programa de Educação Médica Continuada do Cremesp. O objetivo é atualizar e reciclar, nessa área, todos os colegas interessados, do Estado de São Paulo, na discussão de casos clínicos muito bem documentados.

Sob a coordenação da Escola Paulista de Medicina (Unifesp), tendo como moderador de Marcelo Moura Linhares, foram discutidos três casos clínicos de grande interesse na área (hepatocarcinoma em fígado não cirrótico, biliopatia hipertensiva portal e cirurgia de urgência em hemorragia digestiva varicosa) com a participação ativa da platéia.

A próxima reunião do Clube acontecerá no dia 3 de junho, das 10 às 12 horas, na sede do Cremesp.

Cremesp discute Transtorno de Personalidade


Aiex entre Rigonatti (Conselho Penitenciário) e Henrique Carlos, durante o encontro

Por iniciativa da Câmara Técnica de Saúde Mental do Cremesp – coordenada pelo conselheiro Luiz Carlos Aiex Alves – e em parceria com o Conselho Penitenciário do Estado de São Paulo e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), secção de São Paulo, foi realizado – dia 29 de março, na sede do Conselho; e dia 5 de abril, na OAB – o seminário Periculosidade, Medida de Segurança e Transtorno de Personalidade. O evento reuniu cerca de 120 profissionais em cada um dos dois dias, entre eles psiquiatras, psiquiatras forenses, psicólogos, promotores e procuradores de justiça, advogados e professores de Direito.

Um dos temas abordados foi uma crítica à ambigüidade existente na legislação brasileira sobre o conceito de periculosidade. “Apesar de seu caráter essencialmente probabilístico, a lei trata a periculosidade como se fosse um diagnóstico psiquiátrico, o que é um equívoco”, afirmou Aiex.

Segundo ele “ficou demonstrado que na concepção moderna de avaliação de risco, o enfoque não se dá sobre o fato de o sujeito ser ou não perigoso para a sociedade; o que se discute hoje é a necessidade de se estabelecer critérios objetivos para a aferição da periculosidade, o que tornaria a opinião dos peritos passível de debate pelos operadores do direito”.

Simpósio Codame é realizado em Campinas

A Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos (Codame) do Cremesp – cujo objetivo é conscientizar os médicos sobre a importância de atuar dentro das normas éticas e legais da publicidade médica – realizou no dia 16 de abril um Simpósio em Campinas, Interior de São Paulo, que contou com a presença de aproximadamente 105 pessoas. Coordenado pelo conselheiro Lavínio Nilton Camarim, participaram da mesa: José Francisco S. Giostri, presidindo os trabalhos, e o conselheiro da região, Moacyr Esteves Perche. Para proferir as palestras foram convidados os advogados Paulo César Braga (do Sindicato dos Médicos de Campinas) e Joana Paes de Barros e Oliveira.


COMISSÃO DE ÉTICA

A Comissão de Ética Médica do Hospital São Paulo realizou, dia 26 de abril, na Delegacia Metropolitana da Vila Mariana, em São Paulo, o curso de Capacitação para residentes Aspectos Práticos de Ética Médica.

Os temas tratados foram: Papel do Conselho Regional de Medicina (Henrique Carlos Gonçalves); Comissão de Ética Médica (Arnaldo Guilherme); Responsabilidade Médica (Maris Salete Demuner); Aspectos Éticos da Relação Corpo clínico/Docente/Preceptor/Residente e Hospital Escola (Odair Marson); Atestados Médicos (Luiz Frederico Hoppe); Receituário (Roseli Guidici); Receita de  Medicamento de Alto Custo (Ângela Maria Spínola e Castro); Responsabilidade Civil e Penal (Cid Célio Jayme Carvalhaes); Aspectos Éticos do Movimento Médico (Jorge Carlos  Machado  Curi); Prontuário Médico (Rodrigo Costa Aloe); Relação Médico-Paciente (Reinaldo Ayer de Oliveira); e Julgamento Simulado (Ieda Terezinha N. Verreschi/Reinaldo Ayer de Oliveira).


Este conteúdo teve 1318 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 279 usuários on-line - 1318
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior