PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (JC pág. 2)
A crise na assistência médica no Nordeste comprova que a classe médica chegou ao limite de sua tolerância


ENTREVISTA (JC pág. 3)
Representantes do INSS esclarecem pontos nebulosos sobre a aposentadoria especial para médicos


ATIVIDADES CRM (JC pág. 4)
Educação Médica Continuada: palestras de especialistas levam atualizações para médicos da capital e do interior


ATIVIDADES CRM (JC pág. 5)
Pacto pela Saúde: plenária temática coloca o tema em debate pelas três esferas do poder


ATIVIDADES CRM (JC pág. 6)
Médicos de Taubaté, com mais de 50 anos dedicados à profissão, são homenageados pelo Conselho


ENSINO MÉDICO (JC pág. 7)
Exame do Cremesp: 1ª fase superou em quase 20% os participantes de 2006


ESPECIAL 1 (JC pág. 8)
Congressos de Bioética direcionam cientistas latino-americanos e europeus p/a construção social e a paz


ESPECIAL 2 (JC pág. 9)
Congressos de Bioética: acompanhe resumo da palestra do médico e teólogo Jan Solbakk


GERAL 1 (JC pág. 10)
Confira dados do 1º Levantamente Nacional sobre Consumo de Bebidas Alcoólicas


GERAL 2 (JC pág.11)
Destaque: quais os limites da ética na relação entre médicos e a indústria farmacêutica?


ATUALIZAÇÃO (JC pág. 12)
Síndrome Metabólica: você sabe como diagnosticar?


GERAL 3 (JC pág.13)
A assistência médico-hospitalar, na visão do conselheiro José Marques Filho


ALERTA ÉTICO (JC pág. 14)
Como proceder nos casos em que o médico adoece? Acompanhe as análises do Cremesp sobre o tema...


GERAL 4 (JC pág. 15)
Câmara Técnica de Nutrologia participou ativamente de encontro sobre a indústria de alimentos


GALERIA DE FOTOS



Edição 241 - 09/2007

ATIVIDADES CRM (JC pág. 4)

Educação Médica Continuada: palestras de especialistas levam atualizações para médicos da capital e do interior



PROGRAMA EDUCAÇÃO CONTINUADA

Psiquiatria é tema na Capital
Palestras de especialistas da área lotam auditório

Coordenado na Capital pelo conselheiro José Henrique Andrade Vila e organizado pelos conselheiros Luiz Carlos Aiex Alves e José Manoel Bombarda, o Programa de Educação Médica Continuada realizado nos dias 31 de agosto e 1º de setembro, na sede do Cremesp, em São Paulo, apresentou seu 12º Módulo, abordando aspectos importantes da Psiquiatria.

A abertura do evento foi feita pelo presidente do Cremesp, Henrique Carlos Gonçalves, que falou sobre Momento Ético. Também proferiram palestras: Mauro Gomes Aranha de Lima (Psicopatologia e Síndromes Cérebro-Orgânicas); Itiro Shirakawa (Depressão); Francisco Lotufo Neto (Transtornos de Ansiedade); Ronaldo Ramos Laranjeira (Gerenciamento Clínico do Alcoolismo e do Tabagismo); e Florence Kerr Corrêa (Diagnóstico e Tratamento de uso de drogas). “O encontro foi produtivo e a platéia, muito participativa. A escolha dos temas foi elogiada e os participantes solicitaram outras apresentações na área da psiquiatria devido à importância do tema na atualidade”, afirmou Bombarda.

Interior
Organizado pelo conselheiro do Cremesp, Henrique Liberato Salvador, e pela Faculdade de Medicina de Presidente Prudente, docentes e alunos do internato daquela faculdade participaram no dia 21 de setembro, na própria instituição, do Curso de Cirurgia de Emergência. Na ocasião houve uma mesa coordenada pelo conselheiro do Cremesp, Isac Jorge Filho, quando foi debatido o tema Ética em Cirurgia de Emergência. Entre os assuntos abordados destacaram-se: transfusão de sangue em testemunhas de Jeová; assistência ao politraumatizado e remoção de doente grave.

Nos dias 28 e 29 de setembro, a cidade de Bebedouro recebeu o 17º Módulo de Educação Médica Continuada, intitulado Temas Diversos, sob a coordenação do conselheiro Renato Ferreira da Silva. O presidente do Cremesp, Henrique Carlos Gonçalves, participou da abertura do evento, com o tema Segredo Médico.

Também proferiram palestras: Renato Ferreira da Silva (Prontuários e Atestado Médico); José Fernando Vilela Martin (Hipertensão Arterial); Marco Antonio Fernandes Dias (Diabetes Mellitus); Maurício de Nassau Machado (Infarto Agudo do Miocárdio) e Valeska Cristina do Carmo (Diagnóstico Precoce de Neoplasias mais Comuns).

Já em Andradina, o evento também realizado nos dias 28 e 29 de setembro, recebeu o 18º módulo. Participaram da abertura, Pedro Henrique Silveira e José Marques Filho, ambos conselheiros do Cremesp; e Adalberto Benevides Santiago, delegado do Conselho. No evento foram discutidos os temas Atestado de Óbito; Dengue; Dor Torácica Aguda; Lombalgia; Diabetes Mellitus, abordagem prática.

Simpósio de Educação Médica em Botucatu

Realizado na Faculdade de Medicina da Unesp/Botucatu, nos dias 28 e 29 de agosto, o 7º Simpósio de Educação Médica foi coordenado pelos acadêmicos Licério Miguel e Ludmila Almeida Silva, alunos da FMB/Unesp. O evento teve como finalidade ampliar os conhecimentos e o debate acerca de dois importantes assuntos relacionados à formação dos médicos: a interação entre os vários ciclos e disciplinas dos cursos de graduação; e os processos existentes ou planejados para aferição da qualidade do ensino médico.

O conselheiro do Cremesp, Reinaldo Ayer de Oliveira, participou do evento ministrando uma palestra sobre o Exame de Habilitação do Cremesp. “Por meio de uma mesa redonda com estudantes e profissionais de medicina, as características do exame foram amplamente analisadas. Isso foi importante, pois mostrou que propusemos um sistema de avaliação totalmente válido”, declarou o conselheiro.

Código de Ética do
Estudante de Medicina


Callegari (ao fundo, à esquerda) apresentou a publicação na Fmabc

A Faculdade de Medicina do ABC foi sede do lançamento estadual do Código de Ética do Estudante de Medicina, evento realizado no dia 29 de agosto. Elaborada pelos próprios acadêmicos – numa parceria entre a Diretoria Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina (Denem) e o Cremesp –, a publicação traz uma série de recomendações para que os estudantes iniciem o exercício da ética já na universidade. Na ocasião, o Conselho esteve representado pelo diretor jurídico, Desiré Carlos Callegari, também professor daquela faculdade. O evento contou com a participação de representantes docentes e discentes, que receberam exemplares do referido código e posteriormente realizaram um debate sobre o assunto.

Segundo o diretor-geral da Fmabc, Luis Henrique Paschoal, a cartilha traz uma série de conselhos e regras para o comportamento ético do estudante de Medicina, que não é obrigado a seguir um código de ética, mas que, quando se tornar médico, será. “Ela serve como uma orientação do estudante para que ele comece uma conduta ética ainda quando acadêmico”, disse.

Na opinião de Soraya Borges Rossi, presidente do Diretório Acadêmico da Fmabc, a iniciativa de criação do Código é bastante válida. “Este é o primeiro documento que norteia a ética do estudante, e o fato de seu lançamento ter ocorrido aqui na Faculdade o torna ainda mais importante para nós”, afirmou. Ela também elogiou o apoio da Diretoria Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina (Denem) e acredita que isso foi fundamental para a consolidação da idéia.
 
Callegari explicou a importância do código afirmando que o manual aborda o direito dos alunos e dos pacientes, assim como a relação com os demais profissionais da área da saúde. “Isso faz com que o estudante tenha a convicção de que escolheu uma profissão que deve ser exercida com consciência, compromisso moral, ética e dignidade.”

Conselho realiza cursos de capacitação em ética médica

Piracicaba foi sede da realização do curso sobre Capacitação de Comissão de Ética Médica, dirigido a médicos peritos do INSS, no dia 15 de setembro. Além da programação habitual – que visa esclarecer os profissionais das comissões de ética sobre conceitos gerais, deveres e direitos, sindicância e estatísticas, foram discutidos assuntos referentes à perícia médica, com a exposição de casos. O curso foi ministrado pelo conselheiro Renato Françoso Filho e pelo delegado superintendente da Delegacia Metropolitana da Vila Mariana, Jarbas Simas.

Já Bragança Paulista recebeu o curso no dia 14 de setembro; dia 17 foi a vez do Hospital Santa Helena, na capital paulista; dia 22, a apresentação foi em Bauru, no Hospital Metropolitano; e dia 24, em Catanduva.

Todos os cursos de capacitação são divididos em dois módulos, teórico e prático. O módulo teórico é composto por quatro partes, com a abordagem dos seguintes temas: O que são as CEMs e o que o Cremesp espera delas; Deveres e Direitos das CEMs; e Sindicância e Estatísticas. No módulo prático são apresentados casos reais, onde o exercício serve para sugerir atitudes a serem adotadas, no sentido de facilitar o trabalho das CEMs nos hospitais e estreitar sua ligação com os delegados e conselheiros do Cremesp, e até mesmo com os médicos da região.


Este conteúdo teve 616 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 330 usuários on-line - 616
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior