PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL
Reajuste do SUS ainda é insuficiente
Comentários de Gabriel Hushi sobre o valor atual das consultas do SUS, a questão das especialidades médicas e sobre as novidades do Centro de Bioética do Cremesp.


CONSELHO
Capacitação de Comissões de Ética e site: projetos prioritários do Centro de Bioética
Detalhes sobre o site de Bioética que deve estrear em outubro e a produção de módulo didático para Capacitação das Comissões de Ética Médica.


ENTREVISTA
“A saúde é um bem jurídico uno e indissolúvel”
Nosso convidado deste mês é Marlon Weichert, representante da Saúde junto ao Ministério Público Federal no Estado de São Paulo.


ARTIGOS
Balanço da Anvisa
Gonzalo Vecina, diretor presidente da Anvisa, e Elisaldo Carlini, ex-secretário nacional de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, avaliam o órgão sob óticas particulares.


MEDICAMENTOS
Novos genéricos serão lançados no mercado
Em breve o número de genéricos no mercado brasileiro subirá para 603. Confira a chave do sucesso para a política de medicamentos neste setor.


ENTIDADES
Consulta do SUS tem reajuste
Os Planos de Saúde estão na mira desta Seção: confira dados e informações sobre denúncias


ESPECIAL
Especialidades médicas
Saiba como registrar seu título de especialista, quais as especialidades reconhecidas pelas entidades médicas, além de outras informações importantes sobre esta regulamentação.


SERVIÇO EXEMPLAR
Centro Infantil Boldrini. Resgatando a alegria das crianças com câncer
Conheça um pouco sobre este centro de referência e a descoberta da Síndrome de Brandalise


ATUALIZAÇÃO
A radiologia em transição
Informe-se sobre as novidades desta especialidade e como chegamos, hoje, à radiologia digital.


GERAL 1
De olho no site do Cremesp
Novidades do site, notícias do Fórum sobre a relação entre médicos e planos de saúde e um basta nas propagandas de bebidas alcoólicas. Confira!


AGENDA
Nova diretoria do Simesp toma posse e quer piso de R$ 3.161,00
Informe-se sobre as principais participações do Cremesp em eventos ocorridos durante o mês de junho


NOTAS
Nota oficial
Texto publicado na imprensa sobre a suspensão provisória do exercício profissional de Vanderson Bullamah


GERAL 2
“Médico legista deve opinar em procedimentos de averiguação de homicídio culposo?”
Entre outros assuntos desta Seção, veja Parecer do Cremesp a respeito dessa consulta.


DELEGACIAS
Designados mais nove delegados para as regionais da Capital
Acesse todas as novidades do mês ocorridas com nossas delegacias: novos delegados e todos os endereços do Cremesp no interior.


GALERIA DE FOTOS



Edição 179 - 07/2002

GERAL 1

De olho no site do Cremesp
Novidades do site, notícias do Fórum sobre a relação entre médicos e planos de saúde e um basta nas propagandas de bebidas alcoólicas. Confira!


De olho no site do Cremesp

Com a disponibilização oficial do Guia Médico em nosso site, no mês de junho
(http://www.cremesp.org.br/servicos/pesquisa_medicos/resultado_guia_medico.php),
o usuário tem, a partir de agora, um canal aberto para informar-se sobre os profissionais cadastrados neste Conselho, facilitando a comunicação entre médicos e pacientes. O Guia Médico disponibiliza os seguintes dados cadastrais autorizados para divulgação pelo médico: nome, número da inscrição no Conselho Regional de Medicina de São Paulo, especialidade – desde que registrada no Conselho — endereço e telefone comercial, além de fax e e-mail.

Os vários e-mails recebidos pela editoria do site, elogiando a iniciativa do Conselho, indicam a boa aceitação do Guia. Além disso, dos 23.500 acessos únicos — entrada exclusiva de cada usuário na página principal do site do Cremesp — contabilizados no mês de junho, cerca de 6.500 foram direcionados especificamente para consultas ao Guia Médico.

Outro serviço estreante no site, em junho, foi a disponibilização do Requerimento de Inscrição para Pessoa Física para preenchimento on-line. Além de poder visualizar o formulário para alterar (ou corrigir) os dados necessários, o usuário também pode imprimir o requerimento depois de preenchido e conferido.

Novidade também disponível no site, a seção Clippings ganhou uma nova ferramenta: a pesquisa por palavra-chave. Todos os textos contidos nos cinco tópicos-chaves (Políticas de Saúde, Planos de Saúde, Educação Médica, Medicamentos e Científicos) estão cobertos pela pesquisa. Para visualizar os temas abordados, basta clicar no tópico para obter uma relação de todas as matérias editadas. Os textos, atualizados diariamente, são armazenados em um banco de dados de livre acesso. Dois novos formulários também podem ser consultados no site: um deles, na seção Agenda de Congressos Científicos, permite a divulgação de eventos on line; o outro foi desenvolvido para que o usuário possa contribuir com idéias, críticas e opiniões, otimizando e simplificando o acesso a nossos serviços. Está disponível na seção Sugestões.

Para o segundo semestre, outras novidades estão previstas: a seção Mercado de Trabalho Médico (criando oportunidades para profissionais e instituições), a implantação do sistema Intranet(para a comunicação entre as delegacias, sedes e subsedes), o Centro de Perguntas e Respostas em Tempo Real (FAQ – Frequently Asked Questions).

Dúvidas e sugestões? Acesse nosso novo formulário e envie para nóson line:
http://ser1.cremesp.org.br/sugestao



Fórum propõe mudanças nas relações entre médicos e planos de saúde

O I Fórum Regional do ABC sobre a Relação Comercial entre Prestadoras de Serviços e Operadoras de Planos de Saúde decidiu dar ênfase ao debate de soluções para o tumultuado e difícil relacionamento entre os dois setores. Realizado em 18 de junho, no auditório da Associação Paulista de Medicina (APM), regional de Santo André, a tônica do Fórum foram os problemas entre planos de saúde e os prestadores de serviços (médicos, hospitais, clínicas, laboratórios etc) em razão das dificuldades econômicas do país que fez diminuir o número de beneficiários.

Segundo o manifesto do Fórum, as operadoras, em vez de rever sua administração, passaram a impor tabelas de preços, a cercear a liberdade profissional e outras “atitudes que nem sempre trazem resultados sobre os custos, mas pioram a qualidade do atendimento ao paciente”.

Também foi criada uma comissão de médicos e demais representantes dos prestadores de serviços a fim de discutir com os compradores os seguintes itens:

- Renegociação de tabelas de serviços hospitalares e médicos e contratos;
- Renegociação de contratos, que deverão ter cláusulas claras e alteradas apenas em comum acordo, por escrito;
- Padronização de formulários e procedimentos burocráticos;
- Liberdade, com responsabilidade, na autonomia do exercício profissional;
- Relatórios e justificativas de glosas e não efetivação das mesmas sem prévia discussão;
- Auditorias médicas conforme resoluções do Conselho Federal de Medicina.

O evento, realizado também pela Associação dos Hospitais do Estado de São Paulo (AHESP), regional do ABC, e Sindicato dos Hospitais, Clínicas, Casas de Saúde e Laboratórios de Análises Clínicas do Estado de São Paulo (Sindhosp), contou com o apoio do Cremesp.



Guerra à propaganda de bebida alcoólica

Uma campanha que pede a proibição de publicidade de bebidas alcoólicas no Brasil acaba de ser lançada pela Associação Brasileira do Estudo do Álcool e outras Drogas, Associação Brasileira de Psiquiatria, Associação Médica Brasileira e a Secretaria Nacional Antidrogas (Senad). As instituições também reivindicam que as restrições para veiculação de propagandas de cervejas e outras bebidas alcóolicas sejam, pelo menos, iguais às existentes para o cigarro: permissão apenas de cartazes afixados em locais fechados e advertências nas embalagens.

A idéia surgiu após um encontro promovido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em Valência, Espanha, em maio de 2002, que reuniu técnicos de 22 países para avaliar o impacto do marketing e da promoção de bebidas alcoólicas entre os jovens. Na reunião, os técnicos discutiram alguns aspectos do assunto como as evidências dos efeitos da propaganda de álcool sobre os jovens, as práticas da indústria de álcool para promover seus produtos, o uso da internet como instrumento de marketing e o impacto dos acordos de comércio globais na regulamentação da propaganda, entre outros.

Recentemente, a Senad apresentou os dados do Primeiro Levantamento Domiciliar sobre o Uso de Drogas no Brasil, onde o álcool se destaca como a mais consumida pelos brasileiros, sendo que 11,2% da população é dependente do produto. O manifesto das entidades destaca que “é abusivo o uso agressivo da sexualidade e de símbolos nacionais para a venda de álcool, especialmente nas propagandas de cerveja”. Segundo o documento, “a indústria do álcool e da propaganda no Brasil não estão, nem de longe, desempenhando um papel responsável nessa situação. Medidas claras devem ser tomadas para lidar com esse importante problema de saúde pública”.

Este conteúdo teve 1179 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 391 usuários on-line - 1179
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior