PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL
O amanhã se faz agora


ENTREVISTA
Classe médica esclarece a população sobre sua relação com os planos de saúde


GERAL 1
Destaque para a implantação da CBHPM em Pernambuco


COMUNICAÇÃO
Pesquisa DataFolha avalia as publicações do Cremesp


CLASSE MÉDICA EM MOVIMENTO 1
Faça a sua parte: ajude a CBHPM a virar lei!


CLASSE MÉDICA EM MOVIMENTO 2
Acompanhe - em detalhes - todas as decisões da assembléia pela CBHPM de 9 de setembro, realizada aqui em São Paulo


SIMPÓSIO
Bioética e Conflito de Interesses


ATIVIDADES DO CONSELHO
Cremesp agora tem programas especiais na TV Unifesp


GERAL 2
Destaque especial para os avanços nos estudos do CFM sobre prontuário eletrônico


AGENDA
Acompanhe a participação do Cremesp em eventos de grande importância para a classe


NOTAS
Alerta Ético


RESOLUÇÃO
Resolução CFM nº 1.752/04 - doação de órgãos e tecidos de anencéfalos para transplantes


HISTÓRIA
José Fernandes Pontes


GALERIA DE FOTOS



Edição 205 - 09/2004

AGENDA

Acompanhe a participação do Cremesp em eventos de grande importância para a classe


Conselho cria grupo de trabalho para  regulamentar a urgência e emergência

O Cremesp criou um grupo de trabalho para discutir propostas de regulamentação do atendimento de Urgência e Emergência. O grupo é formado por conselheiros e médicos com experiência no assunto, representantes do setor público, complementar, filantrópico e de instituições de ensino. Já foram realizadas duas reuniões, a primeira em 6 de agosto e a segunda, em 10 de setembro.

Há consenso entre os participantes de que o serviço de urgência e emergência necessita de capacitação, qualificação, valorização, financiamento e de responsabilização dentro da rede de assistência.

“Em função da documentação judicante, observamos um incremento de deslizes éticos nesse setor, indicando que o atendimento de urgência e emergência encontra-se em uma situação crítica”, afirmou o presidente do Cremesp Clóvis Francisco Constantino na abertura do primeiro encontro, que também contou com a presença do diretor primeiro-secretário, Krikor Boyaciyan.

O grupo de trabalho é coordenado pelo conselheiro Renato Françoso Filho. “Nosso objetivo é reunir informações, sob vários pontos de vista. A partir da detecção dos problemas, vamos propor medidas em forma de recomendações ou normatizações”, afirmou Françoso. “Acreditamos que este trabalho pode salvar muitos colegas de dissabores futuros, e, principalmente, muitas vidas”, destacou Clóvis Constantino.

Estão entre os conselheiros da Casa que participam do grupo, Gilberto Luiz Scarazzatti, Moacyr Esteves Perche, Gaspar de Jesus Lopes Filho, Jorge Machado Curi e o diretor de Comunicação Nacime Salomão Mansur. O último encontro contou com a participação da coordenadora geral de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde, Irani Ribeiro de Moura. A revista Ser Médico dedica matéria especial sobre os encontros em sua próxima edição.

Médicos são convidados a avaliar o atendimento do Conselho

 Desde março deste ano, o Cremesp realiza, por meio de formulário próprio  disponibilizado no site www.cremesp.org.br,, na sede e nas delegacias da entidade na Capital e no Interior do Estado, pesquisa de opinião que visa avaliar o atendimento prestado pelos funcionários ao público externo.

Não é necessário que o usuário se identifique e é possível fazer sugestões e comentários. O Cremesp solicita a colaboração das pessoas atendidas pela entidade no sentido de responder a pesquisa e lembra que só com a participação dos usuários haverá possibilidade de avaliar e adequar o atendimento às expectativas dos médicos e da sociedade.

CRM de Rondônia inaugura nova sede

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero) realizou cerimônia para inauguração de sua nova sede, localizada em Porto Velho, dia 2 de setembro. O presidente do Cremesp, Clóvis Francisco Constantino e o diretor primeiro-secretário, Krikor Boyaciyan participaram da cerimônia. Também compareceram o presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Edson de Oliveira Andrade; o presidente do Cremero, José Hiran da Silva Gallo; e o conselheiro do CFM, Antonio Gonçalves Pinheiro, entre outros convidados.

(Foto: representantes das entidades médicas durante inauguração da nova sede do CRM-Rondônia)

Plenárias temáticas
Geneticista critica excesso de expectativa em relação a células-tronco

A preocupação com a alta expectativa a respeito do potencial das células-tronco, gerada por muitos pesquisadores e repercutida pela mídia, foi o tom central da palestra da professora Phd em Genética no Brasil e nos Estados Unidos, Eliane Eliza de Souza e Azevedo, durante plenária temática “Ética em Pesquisa sobre Células-Tronco”, realizada pelo Cremesp. “É necessário um espírito mais científico em muitas das pesquisas; existe sim uma grande avenida em relação às células-tronco, mas existe muito a ser aprendido. A ciência precisa ser cautelosa”, afirmou a geneticista.

Plenária é a reunião dos 42 conselheiros do Cremesp; periodicamente, parte da reunião é dedicada ao debate ou palestras sobre determinado tema relacionados à atividade dos conselheiros, com o objetivo de esclarecê-los melhor.

Do debate sobre células-tronco, realizado em 14 de setembro, participaram também o presidente da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) e membro do Comitê Internacional de Bioética da Unesco, William Saad Hossne; e a biomédica e pós-doutoranda do Centro de Estudos do Genoma Humano, Viviane Abreu N. Cerqueira Dantas.

Viviane Dantas fez uma apresentação didática a respeito do que são as células-tronco e das implicações éticas das pesquisas. Defendeu a criação de bancos públicos de cordão umbilical, um dos grandes reservatórios desse tipo de célula.

A Conep já recebeu, desde 1999, 43 pedidos de aprovação para pesquisas com células-tronco no Brasil, segundo Hossne. Desse total, 16 foram aprovados, 11 foram aprovados com alguma recomendação, cinco não foram aprovados e 11 estão pendentes. “Por enquanto nenhum efeito colateral indesejado foi registrado e há alguma perspectiva”, afirmou Hossne. Vários conselheiros do Cremesp reforçaram a necessidade de cautela e criticaram o excesso de expectativa em relação às pesquisas.

(Foto: Viviane, Eliane, Saad Hossne, Clóvis e Krikor)

“Teoria do  caos” aplicada à Medicina

“Teoria do Caos: aplicação à Medicina” foi o tema de palestra proferida pelo médico Moacyr Fernandes de Godói, da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, aos conselheiros do Cremesp, em 31 de agosto.

Moacyr Godói fez um paralelo da “Teoria do Caos” – desenvolvida por Robert May, em 1974 – com a saúde e o corpo humano. “O caos na verdade é ordem”, diz a teoria. Ela é aplicada a sistemas não-lineares e complexos, aparentemente caóticos, como as cidades, mas que na verdade obedecem a uma ordem, explicou o palestrante. O assunto será abordado em detalhes em artigo de Godói, que será publicado na próxima edição da revista do Cremesp, Ser Médico.

Especialistas discutem ética no diagnóstico e tratamento para LER/DORT

Os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) e as Lesões por Esforços Repetitivos (LER), problemas constantemente verificados por profissionais da área de Medicina do Trabalho, foram tema de plenária temática realizada pelo Cremesp no dia 27 de agosto.

O evento, que foi coordenado pelo presidente do Cremesp, Clóvis Francisco Constantino, recebeu especialistas da área, que discutiram sobre a relação médico-paciente, o diagnóstico e a indicação de tratamentos, entre outros tópicos do tema.

Participaram como debatedores Milton Helfenstein, assistente doutor da disciplina de Reumatologia da EPM/Unifesp; Vilnei Mattioli Leite, chefe da disciplina de Cirurgia da Mão da Unifesp; César Augusto Patta, médico do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (Cerest/SP); Luiz Carlos Morrone, professor de Medicina do Trabalho da Faculdade da Santa Casa de São Paulo e membro da Câmara Técnica de Medicina do Trabalho do Cremesp; e Mário Jorge Tsuchya, perito do INSS e professor de Medicina Legal da Faculdade de Medicina da USP.

Organizaram o evento os conselheiros do Cremesp Akira Ishida, Renato Françoso Filho e José Marques Filho.


Crédito das fotos: Osmar Bustos


Este conteúdo teve 1367 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 479 usuários on-line - 1367
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior