PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL
O amanhã se faz agora


ENTREVISTA
Classe médica esclarece a população sobre sua relação com os planos de saúde


GERAL 1
Destaque para a implantação da CBHPM em Pernambuco


COMUNICAÇÃO
Pesquisa DataFolha avalia as publicações do Cremesp


CLASSE MÉDICA EM MOVIMENTO 1
Faça a sua parte: ajude a CBHPM a virar lei!


CLASSE MÉDICA EM MOVIMENTO 2
Acompanhe - em detalhes - todas as decisões da assembléia pela CBHPM de 9 de setembro, realizada aqui em São Paulo


SIMPÓSIO
Bioética e Conflito de Interesses


ATIVIDADES DO CONSELHO
Cremesp agora tem programas especiais na TV Unifesp


GERAL 2
Destaque especial para os avanços nos estudos do CFM sobre prontuário eletrônico


AGENDA
Acompanhe a participação do Cremesp em eventos de grande importância para a classe


NOTAS
Alerta Ético


RESOLUÇÃO
Resolução CFM nº 1.752/04 - doação de órgãos e tecidos de anencéfalos para transplantes


HISTÓRIA
José Fernandes Pontes


GALERIA DE FOTOS



Edição 205 - 09/2004

GERAL 2

Destaque especial para os avanços nos estudos do CFM sobre prontuário eletrônico


CFM
Avançam estudos sobre prontuário eletrônico

A Câmara Técnica de Informática em Saúde e Telemedicina do CFM  mantém, desde fevereiro de 2004,  um convênio com a Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS) para o desenvolvimento e execução de um projeto técnico que visa certificar e disponibilizar os prontuários médicos por meio eletrônico nos serviços de saúde.


Hospitais e clínicas há muito tempo manifestam preocupação diante dos volumosos arquivos em papel, que ocupam espaço físico e precisam ser informatizados.

O projeto do CFM prevê, em breve, a criação de um site na internet para que as empresas de informática interessadas em trabalhar com a organização e arquivamento de prontuários eletrônicos possam preencher a declaração de conformidade com os critérios estabelecidos.  A outra etapa do processo  prevê um selo de certificação para os softwares que forem aprovados, por auditoria. Só depois  terá início o processo de troca definitiva dos prontuários médicos em papel pelo sistema eletrônico.

Tendo em vista as inúmeras implicações éticas e legais envolvidas, será necessária também a regulamentação específica, feita pelo Ministério da Saúde, Anvisa e demais órgãos competentes.

Resoluções
As resoluções CFM de número 1.638 e 1.639, de 2002, já manifestavam a preocupação em estabelecer regras para a guarda e manuseio das informações de prontuários médicos em forma eletrônica. Exigiam, dentre outras disposições, a criação de uma comissão de sistemas de registro em saúde e permitiam a microfilmagem ou digitalização dos documentos originais, para que o descarte dos papéis fosse feito de forma mais criteriosa.  A implementação de um sistema confiável de prontuários eletrônicos é considerada pelo CFM uma questão prioritária.

Reconhecimento
Hospital do Rim: recorde de transplantes

O Hospital do Rim e Hipertensão, ligado à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) conseguiu pelo sexto ano consecutivo, o melhor desempenho mundial na realização de transplantes com um número de 500 cirurgias renais por ano. A liderança mundial em produtividade nessa área coloca o Brasil bem à frente do segundo colocado, a Universidade do Alabama, nos Estados Unidos, com cerca de 200 transplantes anuais.
Segundo o nefrologista José Osmar Medina Pestana, professor e Diretor do Setor de Transplante Renal da Unifesp a melhor notícia é que 90% dos 500 transplantes beneficiaram pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde).

A façanha do melhor desempenho mundial na realização de transplantes, no Hospital do Rim e Hipertensão, ligado à Unifesp, rendeu a José Osmar Medina Pestana o título de Fellow Honorary do Royal College of Surgeons, da Inglaterra, onde ele esteve em 7 de julho para ser homenageado

Intercâmbio
AMB e Anvisa fazem parceria para controlar  produtos de saúde

Uma parceria inédita entre a Associação Médica Brasileira (AMB) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), oficializada no 14 deste mês, pretende aumentar a qualidade e a segurança dos produtos de saúde de uso ambulatorial e hospitalar. Também estabelece um canal importante de comunicação entre a Anvisa e as diversas categorias de profissionais de saúde de todo o Brasil.

Entre os objetivos do novo convênio, está a ampliação do intercâmbio de informações com as 52 sociedades de especialidades filiadas a AMB – que congregam 99 mil médicos – para a prática sistematizada da notificação dos problemas relacionados aos produtos de saúde. O acesso a esses dados técnicos e científicos auxiliará a Anvisa na análise dos registros de novos produtos, na revalidação e na avaliação de procedimentos e novas tecnologias em saúde.

Segundo Clarice Petramale, gerente-geral de Tecnologia em Serviços de Saúde da Anvisa, “um novo paradigma de atenção à saúde está sendo criado a partir do engajamento dos médicos nessa proposta de melhoria da qualidade dos medicamentos, produtos e equipamentos. A expansão e agilidade na troca de informações servirá  também para otimizar os contatos entre as sociedades de especialidades, redundando em ganhos para a comunidade científica e população em geral”, afirmou.

Foram responsáveis pela  intermediação dos contatos para otimizar o canal de comunicação entre  as duas instituições, Luciana Carpanez (pela Agência) e Edmund Baracat (pela Associação).

Dia do Médico
APM resgata história da Medicina paulistana

Em comemoração aos 450 anos da cidade de São Paulo, a Associação Paulista de Medicina (APM) e a Academia de Medicina preparam para 18 de outubro, dia do médico, o lançamento do livro “450 anos de Medicina em São Paulo”.

O objetivo da obra é homenagear o município, a classe médica e as instituições de saúde, por meio das contribuições paulistanas para o progresso da Medicina brasileira e mundial.  “O livro relata o que foi a Medicina ao longo desses quatro séculos e meio”, conta José Luiz Gomes do Amaral, presidente da APM.  

A publicação terá prefácio assinado pelo governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, a partir do qual o leitor iniciará a trajetória pela história da Medicina. Serão retratadas as práticas indígenas e jesuíticas; as doenças encontradas na cidade no início da colonização; as primeiras boticas e medicamentos; o surgimento dos pioneiros hospitais de São Paulo já na virada do século XX; a implantação do Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade e sua situação atual.

Um dos capítulos, escrito por José Luiz e Luiz Antonio Nunes, assessor da presidência da APM, abordará o início das associações médicas e das sociedades de especialidades. O último capítulo, com título de “Do veneno de cobra ao DNA – recombinante”, narra a evolução do Instituto Butantã. O livro se encerra com posfácio do ex-ministro da Infra-estrutura, Ozires Silva.

Segundo Guido Arturo Palomba, presidente da Academia de Medicina de São Paulo: “a obra é um apanhado amplo da história da Medicina e de tudo a ela relacionado. Marca os 450 anos da medicina paulistana até o que esperamos dela no futuro”.

Foto: Osmar Bustos


Este conteúdo teve 1350 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 469 usuários on-line - 1350
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior