PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL
Escolas de Medicina. Formar mais ou formar melhor?


ATIVIDADES DO CONSELHO 1
Julho: eleição de representantes para o Conselho Federal de Medicina


ATIVIDADES DO CONSELHO 2
Destaques: atuação do Cremesp em Barretos; a criação de cooperativa de anestesiologistas e Curso de Ética em Jundiaí


ATIVIDADES DO CONSELHO 3
Novos serviços, layout e conteúdo do site do Cremesp


CLASSE MÉDICA EM MOVIMENTO 1
Reajuste recorde dos Planos de Saúde torna justo repasse aos honorários médicos


CLASSE MÉDICA EM MOVIMENTO 2
Médicos pressionam operadoras de saúde por todo o país


ESPECIAL: CAMPANHAS DO CREMESP 1
Campanha "Beba Cidadania": entidades podem aderir ao movimento por e-mail


ESPECIAL: CAMPANHAS DO CREMESP 2
Proibição de novos Cursos de Medicina: MEC suspende abertura por mais 180 dias


PESQUISA
A descentralização da ciência: O Brasil prepara a construção do primeiro Instituto


ALERTA CIENTÍFICO
A cocaína é responsável por 25% dos casos de IAM em pacientes entre 18 e 45 anos


SERVIÇO
Veja como funciona o CEARAS - Centro de Estudos e Atendimento Relativos ao Abuso Sexual


AGENDA
Simpósio discute Economia e Saúde; APM em Amparo comemora 25 anos e a oficina de Bioética no Incor, são os destaques


ALERTA ÉTICO
Alerta Ético, Editais e Convocações


PARECER
Envio de prontuários para auditoria em operadoras de planos de saúde


HISTÓRIA
Dr. Bussâmara Neme e Dr. Luiz Camano: depoimentos de vida emocionantes


GALERIA DE FOTOS



Edição 201 - 05/2004

SERVIÇO

Veja como funciona o CEARAS - Centro de Estudos e Atendimento Relativos ao Abuso Sexual


Cearas atende casos de relações incestuosas

Funciona dentro do Instituto Oscar Freire, em São Paulo, um serviço pioneiro no país quando se fala em tratamento decorrente de abuso sexual intra-familiar: o Centro de Estudos e Atendimento Relativos ao Abuso Sexual Cearas. Vinculado ao Departamento de Medicina Legal, Ética Médica, Medicina Social e do Trabalho da Faculdade de Medicina da USP, é coordenado pelo psiquiatra e psicanalista Cláudio Cohen, e conta ainda com a psicóloga Gisele Gobbetti e quatro estagiários de Psicologia.

No Centro, não se trabalha somente com o conceito de família consangüínea – pais, filhos e outros parentes biológicos –, mas com o conceito social, que envolve padrasto e quem mais convive com a família. “Nosso objetivo é tentar entender o funcionamento de toda a familia”, destaca Cláudio Cohen.

Desde que foi criado, em junho de 1993, o Cearas já atendeu 206 famílias, que são tratadas com sessões semanais de psicoterapia, durante um ano e meio. “A gente acaba tendo uma percepção dessa família muito diferente do que as outras pessoas podem ver”, lembra o coordenador.
Cohen afirma que é comum ocorrer uma denúncia somente após muito tempo de abuso dentro da família. “Esse tipo de relação incestuosa pode perdurar durante anos”.

Indicação do Judiciário
O Cearas só atende os casos encaminhados pelo Poder Judiciário. "Quem encaminha todos os casos que recebemos  é o Fórum, a Vara da Família. Esse caso, portanto, já passou por uma perícia, já tem um processo. É uma articulação entre Saúde e Justiça muito importante, pois os dois se complementam”, explica Cohen. “Consideramos que a família incestuosa é  disfuncional. Quando se manda alguém para a cadeia nesses casos, não resolvemos o problema, mas sim a deixamos mais disfuncional ainda”, completa. Ele ressalta ainda que não usam os termos agressor e vítima, que ficam a cargo da Justiça. “Nós tiramos esse estigma que a lei coloca, que há a vítima e o agressor, e que é o padrão da Justiça. Todos da família, de alguma forma, são abusados nesses casos”.
 
Perfil
Entre julho de 99 e junho de 2003, cerca de 73% dos casos recebidos pelo Cearas têm o pai ou padrasto como a pessoa denunciada. Nesse período, foram atendidas 111 famílias. “Cerca de metade das denúncias foram feitas pelas mães”, revela a psicóloga Gisele Gobbetti. No entanto, isso ocorre mais quando há relação de abuso entre irmãos ou com alguém de fora, como tios, primos ou outros parentes.

Quando a violência é cometida pelo companheiro – marido ou não –, o número de denúncias feitas pelas mães cai para 22%. Nesses casos, percebeu-se que as denúncias foram feitas após desentendimentos entre o casal – e não pelo fato de a companheira ter tomado conhecimento da violência. “Percebemos que era muito difícil a mãe fazer a denúncia quando tinha que ser contra o atual companheiro”, destaca Gobbetti.
Em 40% das famílias atendidas nesse período foram relatadas, já nas entrevistas de triagem, a existência de outras relações sexuais incestuosas além da que gerou a denúncia.

Mães
Apesar de serem minoria, há casos de relações incestuosas envolvendo mães e filhos. Segundo Cláudio Cohen, isso contraria um mito de que somente o pai poderia ser responsável por esse tipo de atitude. “A idéia do desejo incestuoso, pelo menos na visão psicanalítica que a gente entende, é um desejo universal”, explica Cohen, fazendo alusão ao complexo de Édipo, conceito da Psicanálise que explica esse tipo de comportamento. Os resultados completos desses casos serão divulgados no Congresso Mundial de Psiquiatria, que acontecerá em novembro.

Livro aborda o incesto sob o ponto de vista da Psicanálise

A psicóloga e psicanalista Carla Júlia Segre Faiman trabalhou no Cearas de 1993 a 2001 e o resultado dessa experiência pode ser conferido em seu livro, chamado “Abuso Sexual em Família: a violência do incesto à luz da Psicanálise” - Ed. Casa do Psicólogo, 90 páginas.
O trabalho foi originalmente defendido como tese de mestrado no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo – USP. Nele, Carla diz ter procurado sistematizar e aprofundar algumas das idéias vivenciadas durante os oito anos em que prestou serviços no Centro.

Com base em teorias de Freud e Lévi-Strauss, são analisados, entre outros, os aspectos culturais que determinam a interdição ao incesto, assim como os aspectos emocionais envolvidos nas relações incestuosas entre pai e filha. “O incesto diz respeito ao funcionamento familiar como um todo, não se limitando às pessoas diretamente envolvidas nele”, destacou a autora ao Jornal do Cremesp.

Carla analisa ainda a ocorrência dos desejos incestuosos e sua interdição, no que diz respeito ao complexo de Édipo. “Na compreensão psicanalítica, o complexo de Édipo ocupa uma posição central para a estruturação da personalidade”, destaca.

De olho nos sites

Site do Cremesp
http://www.cremesp.org.br (veja seção especial sobre o lançamento do novo site em Atividades do Conselho 3)

Banco de Empregos Médicos
http://www.bem.org.br

Diariamente são incluídas no site do Banco de Emprego novas oportunidades de emprego de várias empresas do setor da saúde e cadastramos em média dez novos currículos por semana de profissionais médicos que buscam colocação no mercado de trabalho. As ofertas de currículos e de vagas são apresentadas por especialidade médica.

On line, também, informações atualizadas sobre concursos públicos no setor, como é o caso da Autarquia Hospitalar do Jabaquara que abriu inscrições para preenchimento de 34 vagas (contratações pela CLT) de médicos em Anestesia, Cirurgia Urológica, Clínica Médica, Ecocardiografia, Neurocirurgia, Ortopedia e Traumatologia, Pediatria, UTI Pediátrica e Adulto, Cardiologia, Cirurgia Vascular, Neurologia e Psiquiatria; e da Autarquia Hospitalar Municipal Regional Central, que está oferecendo oito vagas para clínicos, em regime de contratação emergencial.

Comunique-se conosco em editoria@bem.org.br

Centro de Bioética
http://www.bioetica.org.br 

A grande novidade incluída no site do Centro de Bioética do Cremesp é a seção Artigos Comentados que, como o próprio nome explica, traz as avaliações propostas por renomados especialistas em Bioética, voltadas a textos selecionados de revistas internacionais sobre o tema. Fazem parte do rol de publicações focalizadas: Journal of Medical Ethics; Kennedy Institute of Ethics Journal e Cambridge Quarterly of Healthcare Ethics, entre outras.

Falando-se em revistas: a cada dia vem se firmando como um verdadeiro sucesso a iniciativa de disponibilizar abstracts de boa parte dos artigos referenciados no item Biblioteca. De acordo com o ranking do site, rapidamente a área passou a ser uma das mais visitadas, ao lado de Novidade – resumo de tudo o que de mais recente é incluído no bioética.org – das FAQs (Frequently Asked Questions) e da tradicional seção Entrevistas com os Grandes Nomes da Bioética.

Escreva você também! Sua opinião será sempre analisada com toda a atenção pela equipe que compõe o Centro de Bioética.


Este conteúdo teve 1323 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 67 usuários on-line - 1323
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior