PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág. 2)
Mauro Aranha - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 3)
Regis Ricardo Assad


SAÚDE MENTAL (pág. 4)
Estresse, isolamento social e falta de diálogo podem estar na origem das tentaivas de pôr fim à própria vida


INSTITUCIONAL (pág. 5)
Parceria com Proesq visa promover a qualidade da saúde mental do médico, baseada no acompanhamento clínico e prevenção


SAÚDE SUPLEMENTAR (pág. 6)
Coren-SP é uma das instituições que passou a apoiar a campanha do Cremesp contra a proposta do MS


TRABALHO DO MÉDICO (pág. 7)
Anamnese/exame físico e exames laboratoriais ou de imagem são complementares e nunca excludentes


DATAFOLHA (pág. 8 e 9)
Pesquisa realizada pelo Datafolha identifica expectativas dos profissionais e indica bandeiras a ser encampadas pelo Cremesp


MEDICINA BASEADA EM EVIDÊNCIAS (pág. 10)
Instituição conta com cerca de 7 mil revisões sistemáticas, sendo 70% do conteúdo disponibilizado gratuitamente no País


AGENDA DA PRESIDÊNCIA (pág. 11)
Nova edição, adaptada à realidade da prática médica, inclui módulo sobre assédio sexual e revisão de termos teóricos


EU, MÉDICO (pág. 12)
Médico desenvolveu aplicativo sobre o enfrentamento da violência feminina para o movimento "Bem Querer Mulher"


JOVENS MÉDICOS (pág. 13)
Hospital das Clínicas da FMUSP passa por por um de seus momentos mais graves


EDITAIS (pág. 14)
Convocações


BIOÉTICA (Pág. 15)
Facebook, por lazer ou motivos pessoais, só deve ser acessado por médicos fora do expediente


GALERIA DE FOTOS



Edição 347 - 05/2017

INSTITUCIONAL (pág. 5)

Parceria com Proesq visa promover a qualidade da saúde mental do médico, baseada no acompanhamento clínico e prevenção


Cremesp amplia assistência em saúde mental para os médicos

Katia Burle, Ary Gadelha, Claudiane Daltio (Proesq) e Ana Célia Soares (Cremesp): parceria para o atendimento de casos de esquizofrenia e de transtorno bipolar do humor 
 
O Cremesp pretende ampliar a parceria com o Programa de Esquizofrenia da Universidade Federal de São Paulo (Proesq/Unifesp), tendo como objetivo a qualidade da saúde mental do médico, baseado não só no acompanhamento clínico, mas também na prevenção. Ary Gadelha, coordenador geral do Proesq, relata que os pacientes procuram por tratamento com quadro clínico avançado e que a prevenção ou antecipação do tratamento pode garantir maior eficácia na recuperação funcional. “A ideia é divulgar mais esse trabalho afim de que os casos mais graves cheguem até nós mais precocemente”.

Na visão da conselheira e psiquiatra Katia Burle, a principal estratégia para a prevenção é prestar atendimento psiquiátrico ao estudante de Medicina, para que este receba tratamento, a fim de inibir um quadro mais grave no futuro. “Há médicos que desenvolvem transtornos mentais mais graves, ainda na graduação, mas não tratam, e quando os casos chegam ao Conselho, estão crônicos”, avalia.
A conselheira relembra que, nas diretrizes do Ministério da Educação (MEC), há a recomendação de atendimento psicológico nas escolas médicas e que, na prática, isso não é obedecido. “Cuidar da saúde mental irá melhorar a formação do estudante como um todo”, finaliza Gadelha.
 
 

Parceria visa qualidade da saúde mental 

O Cremesp mantém, desde 2011, parceria com o Programa de Esquizofrenia da Universidade Federal de São Paulo (Proesq/Unifesp). A intenção é prestar atendimento aos médicos portadores de transtorno mental ou que estejam em situação de vulnerabilidade e risco profissional, em decorrência de questões relacionadas à saúde mental, e não tenham condições de custear seu tratamento.

É oferecido um atendimento personalizado e integrado por meio de profissionais multidisciplinares, contratados pelo próprio programa, respeitando sempre o sigilo profissional. Apesar de a especialização do programa ser em esquizofrenia, o atendimento não fica restrito à doença. 

 

Efetividade 

Ao ser informado de que um médico é portador de um transtorno mental, o Cremesp abre um processo administrativo. Caso o médico não tenha condição de custear seu tratamento, é oferecida a possibilidade de ele ser atendido no Proesq, nos casos de esquizofrenia e de transtorno bipolar do humor. Todos os pacientes atendidos, nesses anos de parceria, tiveram o quadro clínico estabilizado.

 

Resultados alcançados

A parceria Cremesp/Proesq obteve, nos últimos dois anos:
•    Mais de 100 atendimentos realizados;
•    Todos os atendimentos foram feitos em, no máximo, uma semana após encaminhamento do serviço social do Cremesp;
•    Alta adesão ao tratamento;
•    Estabilidade clínica do médico atendido.

 


Campanha

Ação do Cremesp e sociedades de Pediatria e Geriatria conscientiza população sobre SAF

 

Uma blitz de conscientização sobre a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF), doença grave e que não tem cura, decorrente da ingestão de álcool durante a gravidez, foi realizada pelo Cremesp, em parceria com a Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP) e a Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp), no dia 12 de maio, no Conjunto Nacional, na Capital paulista.

Foram oferecidas orien­tações às mulheres, gestantes e população em geral e distribuídos panfletos educativos para prevenção à SAF. As mães que passaram pelo Conjunto Nacional foram presenteadas com flores em homenagem ao Dia das Mães, comemorado em 14 de maio.

 

Proposta de Lei Estadual 

O Cremesp e a SPSP, juntamente com o Ministério Público de SP, preparam um projeto de Lei para ser apresentado à Assembleia Legislativa do Estado de SP, que prevê que bares, restaurantes e outros estabelecimentos divulguem os riscos da SAF, afixando cartazes sobre o tema. 
 
Na cidade de São Paulo, foi sancionada lei, do vereador Gilberto Natalini, criando uma campanha permanente de esclarecimento sobre a SAF.
 
 

Gravidez sem Álcool

A campanha #GravidezSemÁlcool alerta os brasileiros, em especial às gestantes e mulheres que desejam engravidar, sobre os malefícios da exposição pré-natal a qualquer tipo e quantidade de bebida alcoólica, em qualquer momento da gestação. Evidências médicas demonstram que um só gole pode acarretar problemas graves e irreversíveis ao bebê.
 
Com o slogan Quem ama não bebe, a campanha da SPSP, é apoiada pelo Cremesp, contando também com a parceria da Sogesp, Sociedade Brasileira de Pediatria, Associação Paulista de Medicina, Academia de Medicina de São Paulo e Associação Brasileira das Mulheres Médicas.
 

Este conteúdo teve 1983 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 245 usuários on-line - 1983
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior