PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág. 2)
João Ladislau Rosa - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 3)
Adnan Neser


ENSINO MÉDICO (pág. 4)
Melhorias no Exame do Cremesp


TRABALHO MÉDICO (pág. 5)
Reunião com médicos peritos


ELEIÇÃO CFM 2014 (pág. 6)
Voto é obrigatório


ELEIÇÃO CFM - PROPOSTAS (pág. 7)
Chapas 1 e 2


ELEIÇÃO CFM - PROPOSTAS (pág. 8)
Chapas 3 e 4


ELEIÇÃO CFM - PROPOSTAS (pág. 9)
Chapa 5 e Edital


SAÚDE PÚBLICA (pág. 10)
Gasto per capita em saúde


INFORME TÉCNICO (pág. 11)
Febre do Chikungunya


AGENDA DA PRESIDÊNCIA (pág. 12)
Impasse extrassalarial


JOVENS MÉDICOS (pág. 13)
MPT investiga Provab


SAÚDE PÚBLICA (pág. 15)
Notificação obrigatória


BIOÉTICA (pág. 16)
Modismo anti-vacinação no Brasil


GALERIA DE FOTOS



Edição 316 - 07/2014

AGENDA DA PRESIDÊNCIA (pág. 12)

Impasse extrassalarial


Plantões de docentes da Unicamp são dicutidos na SES-SP

Acúmulo de funções de professor-doutor e plantonista cria impasse extrassalarial

 

 
Silvia Mateus e Ladislau durante o encontro com David Uip
e docentes da Unicamp


A remuneração adicional de professores doutores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), referente a plantões que boa parte deles realiza nas unidades de urgência/emergência e de pronto atendimento da cidade, foi o tema do encontro do presidente do Cremesp, João Ladislau Rosa, com o secretário estadual da Saúde de São Paulo, David Uip, e os docentes da instituição, no dia 30 de junho.

Durante a reunião, ficou clara a situação dos professores que realizam os plantões, cuja remuneração mensal ultrapassa o valor recebido pelo governador do Estado, justamente pelo acúmulo das funções de professor-doutor e plantonista, criando um impasse extrassalarial que infere na aplicação do chamado fator redutor.

Esses plantões não fazem parte da carga horária regular do docente da instituição e nem são incorporados na aposentadoria, mas o não comparecimento aos mesmos acarretaria desassistência à população que tanto precisa de atendimento justo e competente em hospitais públicos da região. Uip comprometeu-se a analisar o assunto e, em curto prazo, oferecer uma resolução efetiva do impasse.

A reunião contou com a participação da diretora do Cremesp, Sílvia Helena Mateus, responsável pela Delegacia Regional do Cremesp, em Campinas, e pelos representantes da Unicamp, Plínio Trabasso, diretor clínico do Hospital das Clínicas da Unicamp, e pelas professoras da instituição, Rosa Inês Costa Pereira e Mary Parpinelli.

 


 

Além das atividades internas do Conselho, João Ladislau Rosa, como presidente do Cremesp, também participou de:

  • 03/07 – Reunião sobre a segurança dos profissionais que atuam nas agências do INSS, na sede do Cremesp;
     
  • 07/07 – Reunião com o superintendente do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) e visita ao Hospital do Servidor Público Estadual;
     
  • 18/07 – Reunião de presidentes dos CRMs com a diretoria do CFM, na sede do Cremesc, em Florianópolis (SC).

 


 

Homenagem
Gilson Carvalho (1946-2014)

 


O médico pediatra e doutor em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo, Gilson Carvalho, faleceu no dia 3 de julho, aos 68 anos. Um dos idealizadores do Sistema Único de Saúde (SUS), ele ocupou vários cargos públicos, entre eles a Secretaria de Assistência à Saúde do Ministério da Saúde e a Secretaria da Saúde de São José dos Campos (SP), entre 1988 e 1992. Também foi professor de Medicina na Universidade de Taubaté (Unitau), no Vale do Paraíba, em São Paulo.

Defensor da valorização às ações preventivas e da modernização dos processos gerenciais e administrativos, buscava mudanças no “modelo de fazer saúde”. Entre suas principais criticas estavam: a falta de financiamento do SUS, os desvios de recursos e a corrupção dentro do setor da saúde. Carvalho também condenava a destinação de verbas públicas para a medicina privada.

Durante sua trajetória, Carvalho contribuiu para o movimento médico com sua experiência de gestor em diversos eventos promovidos pelas entidades médicas, inclusive no Cremesp. A revista Ser Médico publicará debate sobre financiamento do SUS, do qual ele participou recentemente.

Carvalho sofria de miocardiopatia hipertrófica e sua morte ocorreu por complicações respiratórias depois de uma cirurgia para remoção de um câncer nos rins. Deixa cinco filhos e dois netos.

 



Eventos promovidos pelo Cremesp

  • 26/06 – Atestado Médico, em São João da Boa Vista;
     
  • 16/07 – Prontuário Médico,  em Araçatuba.

 


 

Outros eventos com participação do Cremesp

  • 25/06 – Palestra sobre Prontuário Médico, no anfiteatro da Maternidade de Campinas;
     
  • 27/06 – Palestra sobre Prontuário Médico aos médicos titulares e residentes do Hospital Municipal Dr. Fernando Mauro Pires da Rocha, no Anfiteatro do Térreo do Hospital, em São Paulo;
     
  • 30/06 – Sessão solene comemorativa do aniversário de fundação da Academia Nacional de Medicina, na sede da Academia, no Rio de Janeiro (RJ);
     
  • 10/07 – Encontro das Comissões de Ética Médica, na Casa do Médico de Assis (SP).

 


Este conteúdo teve 1481 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 291 usuários on-line - 1481
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior