PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág. 2)
João Ladislau Rosa - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 3)
Adnan Neser


ENSINO MÉDICO (pág. 4)
Melhorias no Exame do Cremesp


TRABALHO MÉDICO (pág. 5)
Reunião com médicos peritos


ELEIÇÃO CFM 2014 (pág. 6)
Voto é obrigatório


ELEIÇÃO CFM - PROPOSTAS (pág. 7)
Chapas 1 e 2


ELEIÇÃO CFM - PROPOSTAS (pág. 8)
Chapas 3 e 4


ELEIÇÃO CFM - PROPOSTAS (pág. 9)
Chapa 5 e Edital


SAÚDE PÚBLICA (pág. 10)
Gasto per capita em saúde


INFORME TÉCNICO (pág. 11)
Febre do Chikungunya


AGENDA DA PRESIDÊNCIA (pág. 12)
Impasse extrassalarial


JOVENS MÉDICOS (pág. 13)
MPT investiga Provab


SAÚDE PÚBLICA (pág. 15)
Notificação obrigatória


BIOÉTICA (pág. 16)
Modismo anti-vacinação no Brasil


GALERIA DE FOTOS



Edição 316 - 07/2014

ELEIÇÃO CFM - PROPOSTAS (pág. 7)

Chapas 1 e 2


CHAPA 1
Novo CFM


Renato Azevedo Júnior, cardiologista (São Paulo)
e Roberto Lotfi, ortopedista (Presidente Prudente)


Renato Azevedo e Roberto Lotfi representam candidatura de oposição. Têm o compromisso de romper o imo­bilismo no CFM, garantindo a você o poder de decisão em todas as questões referentes ao exercício da Medicina e à valorização do trabalho médico, além da participação, por meio de consultas públicas, da edição de quaisquer resoluções.

São Paulo tem 50% dos médicos do País, porém tem o mesmo número de representantes (dois) no CFM que estados com número bem menor de médicos. Renato e Roberto defendem a alteração dos critérios de eleição dos conselheiros do CFM, garantindo a proporcionalidade entre representantes eleitos e o número de médicos de cada estado.

Para a Chapa 1, é essencial uma postura mais firme do CFM na defesa da formação médica, com a adoção, em todo o Brasil, do exame obrigatório de avaliação dos egres­sos em todo o território nacional, nos moldes do realizado pelo Cremesp.

Outras propostas
 

  • Implantação de carreira de Estado do médico no SUS, semelhante à existente no Judiciário, garantindo remuneração compatível com a formação e responsabilidade do médico;
     
  • Mais investimento à saúde pública, com a destinação de 10% da receita bruta da União para o SUS, além do já previsto em lei para estados e municípios;
     
  • Revalidação obrigatória de diplomas para todos os médicos formados fora do Brasil, mediante exame de qualificação profissional (Revalida) e competência linguística, inclusive para participantes do programa Mais Médicos;
     
  • Pela revisão imediata da tabela SUS;
     
  • Exame obrigatório de avaliação dos egressos em todo o Brasil, nos moldes do realizado pelo Cremesp;
     
  • Contra a obrigatoriedade de dois anos de estágio em Saúde da Família e Comunidade para várias especialidades, o que aumenta o tempo de Residência e dificulta a formação de especialistas;
     
  • Contra a proposta de Serviço Civil Obrigatório;
     
  • Valorização e remuneração justa aos médicos na Saúde Suplementar, com recomposição das perdas dos últimos anos e reajustes em todos os procedimentos;
     
  • Adoção da CBHPM com política de reajustes obrigatórios anuais;
     
  • Regulamentação do direito ao Simples Nacional a todos os médicos, com a conse­quente redução da carga tributária;
     
  • Consultas públicas aos médicos do Brasil antes da edição de resoluções do CFM;
     
  • Novos canais de comunicação com os jovens médicos.


Veja mais em www.chapa1novocfm.com.br ou www.facebook.com/novocfm Email: chapa1@chapa1novocfm.com.br

 


 

CHAPA 2
Renovação com experiência


Desiré Callegari, anestesiologista e profesor (Grande ABC)
e Maria Rita Souza Mesquita, ginecologista e obstetra (São Paulo)

 

Nós, membros da Chapa 2 – Renovação com Experiência, refutamos o antagonismo interno “situação x oposição” ou “nós x eles”, defendido por alguns grupos neste pleito para o CFM.

Em lugar de apostar neste jogo, que enfraquece as lutas comuns, defendemos a união de forças dos médicos e da sociedade, o que contraria o discurso que favorece aos que têm prejudicado nossa categoria.

Estamos seguros de ser a melhor opção nestas eleições. Nossos integrantes - Desiré Callegari (titular) e Maria Rita Souza Mesquita (suplente) - possuem trajetórias que lhes dão maturidade para fazer escolhas, tomar decisões e agir estrategicamente, fazendo com que pequenos gestos levem a grandes mudanças, sem, contudo, ignorar a importância de mudar, inovar, de fazer mais e melhor.

Cientes dos desafios, daremos tudo para que todos os compromissos assumidos junto aos médicos paulistas sejam honrados. Nossas bandeiras, definidas a partir dos problemas do dia a dia, orientarão nossas ações em favor de médicos e pacientes.

Nossas propostas não contêm promessas mirabolantes, inexequíveis, mas objetivos que podem ser alcançados com empenho, articulação e mobilização. Convidamos todos a conhecerem nossa plataforma de trabalho (disponível no site www.renovacaocomexperiencia.com.br e na fanpage www.facebook.com/#!/chapa2spcfm?fref=ts).

Com o apoio de todos, esperamos criar condições para: 1) a real valorização do trabalho médico no SUS e nos planos de saúde; 2) a melhora efetiva das condições de atendimento e de trabalho; 3) a qualificação do ensino médico; 4) o aumento do diálogo do CFM e dos CRMs com a sociedade e com a categoria; e 5) a defesa plena dos direitos humanos e trabalhistas dos médicos e dos pacientes.

Neste momento, pedimos seu voto de confiança para estar no CFM, a partir de outubro, combatendo abusos de empresários e do Governo e defendendo medidas que, de forma pragmática e articulada, mudarão a realidade ao redor.

Colegas, a insatisfação é geral e há grupos que contam com nossa desunião, que pode fragilizar nossa categoria diante de ações que desvalorizam a Medicina e a Saúde em São Paulo e no Brasil.

Ao apoiar a Chapa 2 – Renovação com Experiência, os médicos e médicas paulistas fortalecerão a garra, a ética, a isenção e a autonomia da nossa categoria contra o desrespeito e a irresponsabilidade de alguns setores. Contamos com seu voto!

 


Este conteúdo teve 1893 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 225 usuários on-line - 1893
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior