PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (p. 2)
Renato Azevedo Júnior - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (p. 3)
Florisval Meinão


FÓRUM SPDM (p. 4)
Perspectivas para a próxima década


CADASTRO MÉDICO (p. 5)
Vínculos empregatícios no CNES


QUEIMADOS (p. 6)
Protocolo de Tratamento de Emergência das Queimaduras


MOVIMENTO MÉDICO (p. 7)
Tentativas de negociação por melhores honorários prosseguem


FINANCIAMENTO DA SAÚDE (p. 8)
Ato público pela liberação de verbas para a Saúde


SUS (p. 9)
Suspensa transferência de leitos públicos para a saúde suplementar


PRONTOS-SOCORROS (p.10)
Plenária temática


TERMINALIDADE DA VIDA (p. 11)
Fórum coordenado pela Casa discutiu ortotanásia


COLUNA DO CFM (p. 12)
*Representantes de SP no Conselho Federal de Medicina


ANUIDADE 2012 (p. 13)
CFM define valores para o próximo ano


LEGISLAÇÃO (p. 14)
Resolução nº 1974/2011


CIRROSE HEPÁTICA (p. 15)
Transplante de fígado


BIOÉTICA (p. 16)
Os dependentes em situação de rua


GALERIA DE FOTOS



Edição 285 - 09/2011

PRONTOS-SOCORROS (p.10)

Plenária temática


Subfinanciamento e desorganização causam falta de profissionais no SUS

Debate expôs principais problemas dos médicos no atendimento às urgências e emergências


Chioro, Françoso, Azevedo, Carvalho, Kron e Teixeira: busca de soluções

A falta de médicos nos prontos-socorros ocorre pelo subfinanciamento da saúde, desorganização do sistema, falta de integração com a rede assistencial da atenção básica e, não menos importante, a inexistência de um plano de carreira de Estado para os médicos. Essas foram as constatações dos participantes da plenária temática “Por que faltam médicos para os prontos-socorros nos municípios do Estado de São Paulo?”, realizada na sede do Cremesp, em 26 de agosto. O evento, aberto ao público, foi promovido pela Câmara de Políticas de Saúde do Cremesp, sob a coordenação do conselheiro Eurípedes Carvalho, e contou com a participação do presidente da casa, Renato Azevedo, e do conselheiro Renato Françoso, coordenador da Câmara de Urgência e Emergência.

Para identificar as principais razões e propor soluções para os gargalos nas unidades de urgência e emergência do sistema público de saúde – como carência de profissionais e superlotação – foram convidados Paulo Kron, coordenador de Gestão Hospitalar Municipal e SAMU, representando a Secretaria Municipal de Saúde; Arthur Chioro, presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e secretário de Saúde de São Bernardo do Campo; e José Manoel de Camargo Teixeira, secretário adjunto de Estado da Saúde de São Paulo.

Para Azevedo, “não há política pública para alocação do médico onde ele é necessário. É preciso criar uma nova forma de contratação, com carreira de Estado progressiva e salário compatível”. E acrescentou que a raiz de todos os problemas é o subfinanciamento do sistema de saúde pública no Brasil.

Carvalho apontou que “objetivamente, a solução para o problema ainda não existe. Daí o convite para o debate. Temos a responsabilidade de apurar os problemas decorrentes do exercício médico nos prontos-socorros”, afirmou.


PEMCs regionais
Palestras traduzem expectativas dos médicos de SP

Franca
Dengue e Abdome Agudo Inflamatório
foram os assuntos abordados no PEMC realizado no Hospital Regional de Franca, em 18 de agosto, sob coordenação de Lavínio Nilton Camarim, conselheiro do Cremesp responsável pela delegacia da região.

Camarim ministrou a palestra Momento Ético, seguida pela exposição do infectologista José Wilson Zangirolami, sobre Dengue. Já o cirurgião André Luciano Baitello abordou Abdome Agudo Inflamatório. “As palestras apresentaram um resultado positivo, no qual o Cremesp conseguiu aproximar o médico do interesse de melhorar e valorizar a medicina do país”, afirma.

Santos
As questões acerca da temática do Código de Ética Médica (CEM) ocuparam os debates na sede da Associação Médica de Santos, no dia 6 de agosto. Coordenado por Luiz Flávio Florenzano, conselheiro responsável pela delegacia de Santos do Cremesp, o evento teve palestras de Renato Azevedo, presidente da entidade, e de Airton Gomes, delegado superintendente do Conselho em Santo André, sobre Atestados e Prontuários Médicos.“Daremos continuidade ao tema e agregaremos também um Fórum de Discussão da Saúde em relação aos municípios da  Baixada Santista”, diz Florenzano.

São José dos Campos
A Terminalidade da Vida mereceu debate em São José dos Campos, em 24 de agosto. Os 40 médicos reunidos no Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence, assistiram palestras de Ieda Verreschi, conselheira do Cremesp, e da ginecologista Elizabeth Kipman Cerqueira. “O médico deve fazer todo o possível e, quando não houver mais alternativas, estar junto ao paciente e fazer o cuidado paliativo para que ele faleça sem dor ou sofrimento”, recomenda Silvana Morandini, conselheira do Cremesp responsável pela região.

Lorena
As implicações da relação médico-paciente e os princípios da bioética foram alvo do PEMC realizado na sede da Unimed de Lorena, no dia 10 de agosto, também sob a coordenação de Silvana e participação do conselheiro José Henrique Andrade Vila.

A palestra, proferida pelo conselheiro Luiz Alberto Bacheschi, enfatizou as bases da bioética e da relação médico-paciente.

Americana
As decorrências sobre Antecipação da Vontade motivaram debate na Associação Paulista de Medicina de Americana, em 25 de agosto. A palestra foi realizada pelo conselheiro e neurologista Luiz Alberto Bacheschi. “A vontade antecipada, tema central, também foi utilizada para citar itens relativos ao Código de Ética”, relatou João Aluizio Neto, delegado superintendente de Americana.

Presidente Prudente
A APM de Presidente Prudente recebeu 250 médicos e estudantes para a palestra A Saúde do Homem, no dia 25 de agosto. O evento celebrou a Semana Municipal da Saúde do Homem e foi coordenado por Henrique Salvador, conselheiro do Cremesp responsável pela região. Na mesma data, foi realizado o Congresso Médico Estudantil, tendo como temas  Exame do Cremesp e Avaliação nas Escolas Médicas.

A cidade contou ainda com a Semana Mundial de Aleitamento Materno, de 1º a 8 de agosto, promovida pelo Cremesp e apoiado pela Secretaria Municipal de Saúde. 


Carlos Campos, Reinaldo Ayer, Salvador e Renato Azevedo (Cremesp), Enio Perrone e Paulo Mazzaro (APM Presidente Prudente), durante palestra



Este conteúdo teve 1573 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 236 usuários on-line - 1573
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior