PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (p. 2)
Renato Azevedo Júnior - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (p. 3)
Florisval Meinão


FÓRUM SPDM (p. 4)
Perspectivas para a próxima década


CADASTRO MÉDICO (p. 5)
Vínculos empregatícios no CNES


QUEIMADOS (p. 6)
Protocolo de Tratamento de Emergência das Queimaduras


MOVIMENTO MÉDICO (p. 7)
Tentativas de negociação por melhores honorários prosseguem


FINANCIAMENTO DA SAÚDE (p. 8)
Ato público pela liberação de verbas para a Saúde


SUS (p. 9)
Suspensa transferência de leitos públicos para a saúde suplementar


PRONTOS-SOCORROS (p.10)
Plenária temática


TERMINALIDADE DA VIDA (p. 11)
Fórum coordenado pela Casa discutiu ortotanásia


COLUNA DO CFM (p. 12)
*Representantes de SP no Conselho Federal de Medicina


ANUIDADE 2012 (p. 13)
CFM define valores para o próximo ano


LEGISLAÇÃO (p. 14)
Resolução nº 1974/2011


CIRROSE HEPÁTICA (p. 15)
Transplante de fígado


BIOÉTICA (p. 16)
Os dependentes em situação de rua


GALERIA DE FOTOS



Edição 285 - 09/2011

QUEIMADOS (p. 6)

Protocolo de Tratamento de Emergência das Queimaduras


Novo protocolo orienta profissionais nos primeiros-socorros

Orientação prevê um processo sequencial, desde o reconhecimento até análise da extensão da lesão


O
país registrou 13.735 mortes causadas por queimaduras entre 1996 e 2008. Visando contribuir para uma melhor qualificação da assistência às vítimas dessas ocorrências, a Câmara Técnica de Queimaduras do CFM desenvolveu o Protocolo de Tratamento de Emergência das Queimaduras.

Enviado ao Ministério da Saúde com a proposta de que seja incorporado às diretrizes assistenciais do Sistema Único de Saúde (SUS), o protocolo orienta, passo a passo, como o médico e outros profissionais da saúde devem atender o paciente, sobretudo nas unidades de urgência e emergência da rede pública, porta principal de entrada desses casos.

O coordenador do Serviço de Queimaduras da Santa Casa de Limeira (SP), Flávio Nadruz Novaes, um dos integrantes da Câmara, ressalta que “as orientações preveem um processo sequencial da assistência, desde o reconhecimento do tipo de agravo, passando pela avaliação de sua gravidade e extensão da lesão”.

Segundo Paulo Cezar Cavalcante de Almeida, coordenador do Serviço de Cirurgia Plástica e Queimados do Hospital do Servidor Público Estadual, “a iniciativa do CFM é inédita, muito bem-vinda e será de grande valia para os profissionais que atuam fora dos grandes centros e nos hospitais gerais no atendimento a queimados”.

Protocolo para atendimento a queimados

O manual desenvolvido pelo CFM inclui os seguintes tópicos para os primeiros-socorros às vítimas de queimaduras:

- Tratamento imediato de emergência;
- Tratamento na sala de emergência;
- Profundidade da queimadura;
- Extensão da queimadura (Superfície Corpórea Queimada- SCQ);
- Cálculo da hidratação;
- Tratamento da dor;
- Gravidade da queimadura;
- Medidas gerais e tratamento da ferida;
- Trauma elétrico;
- Queimadura química;
- Infecção da área queimada;
- Critérios de transferência para Unidade de Tratamento de Queimaduras.

O novo protocolo de atendimento a queimados já está disponível, na íntegra, no site do CFM

Gravidez
Cai número de adolescentes grávidas no Estado de SP


Gestações adolescentes representaram 14,85 do total em 2009

A porcentagem de grávidas adolescentes de 15 a 19 anos caiu no Estado de São Paulo, de 18,9%, em 2000, para 14,8%, em 2009. Em números, isso significa uma redução de 131.980 para 89.083 gestações em jovens, de acordo com a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade).

Os dados mostram que o indicativo acompanha a queda de natalidade em geral, que no ano de 2000 estava em quase 700 mil, e em 2009 não chegou a 600 mil no Estado. Já os bebês nascidos de mães menores de 15 anos continuam representando 0,6%.

A causa dessa redução, apontada pela Secretaria de Estado da Saúde, é o trabalho de conscientização desse público e distribuição de contraceptivos comuns e pílulas do dia seguinte, em vinte unidades da Farmácia Dose Certa, situadas em estações de metrô, trens e centros de saúde. E também a criação de oficinas, batepapos e terapia em grupo para jovens, na Capital, no Litoral e na Grande São Paulo, em unidades da Casa do Adolescente. Esta instituição disponibiliza o telefone (11) 3819-2022, que tira dúvidas de adolescentes sobre sexo seguro e anticoncepcionais.

Tecnologia
HC utiliza cadeira simuladora para diagnóstico de labirintite

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) adotou um novo equipamento de simulação para aprimorar o diagnóstico da disfunção labiríntica.

Segundo Marco Aurélio Bottino, diretor do setor de Otoneurologia do Hospital das Clínicas (HC), a técnica consiste no uso de uma cadeira giratória que simula condições responsáveis por causar tontura, integrada a óculos capazes de registrar o movimento ocular involuntário do paciente durante o processo. Dessa forma, os resultados computadorizados apresentam diagnósticos classificatórios do distúrbio, gerando a possibilidade de um tratamento específico para o caso.

Os diferenciais também estão no tratamento, permitindo que o médico monitore o progresso clínico embasado na concisão da análise e possa realizar alterações nos procedimentos de cura e melhora.

O equipamento está implantado e já opera no atendimento a pacientes do hospital. Único no Brasil e pioneiro na América Latina, o aparelho foi recebido há dois meses por doação da empresa fabricante dinamarquesa. Com isso, o Setor de Otoneurologia da Divisão Otorrinolaringológica do HC pode realizar exames mais precisos em pacientes com transtornos de equilíbrio, como tonturas e quedas. Os sintomas são encontrados principalmente na parcela idosa da população.


Este conteúdo teve 4882 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 268 usuários on-line - 4882
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior