PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (JC pág. 2)
Henrique Carlos Gonçalves: o ensino médico no país necessita de reformas urgentes


ENTREVISTA (JC pág. 3)
Em entrevista, Roberto D’Ávila, vice-presidente do CFM, fala sobre a revisão do Código de Ética Médica. Necessária e inadiável...


ATIVIDADES 1 (JC pág, 4)
Cremesp e entidades médicas obtém liminar para TISS eletrônica no Estado de São Paulo


ATIVIDADES 2 (JC pág, 5)
Portais do Cremesp: usuários podem conferir grandes novidades, no layout e no conteúdo, preparadas para 2009


ESPECIAL 1 (JC pág. 6)
Confira as atribuições do Cremesp e de seus conselheiros à frente da instituição


ESPECIAL 2 (JC pág. 8)
Residência Médica: estudo mostra que a grande maioria de egressos atende no setor privado


ÉTICA & JUSTIÇA (JC pág. 10)
Atenção para a nova interpretação do Judiciário no que diz respeito à má prática da Medicina em hospitais


ENSINO MÉDICO (JC pág. 11)
Conselho reúne representantes de escolas médicas do Estado para avaliar resultados do Exame Cremesp 2008


HISTÓRIA (JC pág, 12)
HC da Faculdade de Medicina de Botucatu: atendimento especializado e de qualidade para pacientes de 68 municípios da região


GERAL 1 (JC pág. 13)
Vida de Médico - A ginecologista Rosa Emília Lacerda fala sobre seus 37 anos de carreira


ALERTA ÉTICO (JC pág. 14)
Internação compulsória para tratar alcoolismo é opção a ser considerada pelo médico?


GERAL 2 (JC pág. 15)
Destaque para a presença dos diretores do Cremesp na inauguração do Centro Cardiológico do Hospital Sírio-Libanês


2009 (JC pág. 16)
Cremesp deseja a todos um novo ano de realizações e paz


GALERIA DE FOTOS



Edição 255 - 12/2008

ATIVIDADES 2 (JC pág, 5)

Portais do Cremesp: usuários podem conferir grandes novidades, no layout e no conteúdo, preparadas para 2009


INTERNET



Novidades nos endereços eletrônicos do Conselho

O conjunto de portais do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) tem crescido consideravelmente nos últimos anos, quantitativa e qualitativamente.

As propostas de todos os nossos endereços virtuais convergem para um único objetivo: a interatividade com a classe médica do Estado, seja por meio da prestação de serviços eletrônicos, rápidos e seguros, ou da atualização dinâmica de informações relacionadas à Medicina e ao setor da Saúde.

Este ano, o portal do Cremesp já contabilizou um número recorde de acessos: em média 100 mil visitantes únicos/mês.

Entre os portais do Cremesp que merecem destaque especial neste mês de dezembro estão o Medicina em Evidência, que comemora um ano de atividade, e o Banco de Empregos Médicos, site de classificados de enorme sucesso entre médicos e instituições de saúde.

O Medicina em Evidência, que o Cremesp continua desenvolvendo, possibilita aos médicos o acesso, rápido e sintético, às melhores informações científicas publicadas nas principais revistas médicas, nacionais e internacionais. Este endereço ganhou um reforço de peso com a assinatura de um convênio com a Capes, incre¬men¬tando seu acervo inicial para outras 135 revistas médicas internacionais de alta qualidade, em todas as especialidades da Medicina.  

Já o Banco de Empregos Médicos fortaleceu-se desde sua implantação, em 2003, como referência ética e confiável de contato para médicos que buscam crescimento profissional de qualidade e para empresas de saúde, que contam com a lisura desta autarquia na exposição de suas vagas. O Bem.org contabiliza um número recorde de acessos diários e já ultrapassa a marca dos dois mil currículos cadastrados e cerca de 900 oportunidades on line, selecionadas criteriosamente para divulgação.

Mas, os visitantes do portal do Cremesp podem aguardar novidades de impacto para o primeiro semestre de 2009. Layout totalmente reformulado, nova disposição de conteúdo, canais diferenciados de informação e de interatividade prometem melhorar o acesso dos médicos e da comunidade às informações relacionadas à instituição e à saúde. Para acompanhar essa transformação, cadastre-se e receba nossas newsletters: boletim eletrônico semanal do Cremesp (editoria@cremesp.org.br) e boletim quinzenal do Medicina em Evidência (evidenciacontato@cremesp.org.br).

Comentários e sugestões são bem-vindos.

Cremesp debate medidas para
conter violência contra médicos

Fórum realizado na sede do Conselho contou com representantes de entidades médicas e das justiças estadual e federal

As providências que podem ser tomadas para as violências física e moral praticadas por uma auxiliar de enfermagem contra uma médica do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público (Iamspe) e os riscos diários pelos quais passam os médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foram alguns dos temas discutidos no Fórum sobre Violência contra Médicos, que o Cremesp realizou no dia 6 de dezembro, em sua sede, na capital paulista.

Sob a mediação do conselheiro Desiré Carlos Callegari, coordenador do Departamento Jurídico do Cremesp, o fórum contou com a participação de João Batista Amorim de Vilhena Nunes, juiz do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; Ronaldo Guimarães Gallo, procurador federal; Eloísa Machado, coordenadora do Programa de Justiça da ONG Conectas; Jorge Carlos Machado Curi, presidente da Associação Paulista de Medicina (APM); Jarbas Simas, presidente da Sociedade Paulista de Perícia Médica; Aizenaque Grimaldi de Carvalho, representante do Simesp; e José Roberto de Souza Baratella, representante da Academia de Medicina de São Paulo.

Para Simas, este tipo de violência merece uma punição efetiva. “Os agressores deveriam ser julgados, mas a maioria nem é denunciada, uma total impunidade”, afirma. Já Eloísa tem outro ponto de vista e garante que nem sempre o aumento da punição traz a diminuição da violência. “É necessário que se tenha absoluta consciência do que se está tentando combater para que se possa encontrar a solução adequada”, sugere. Durante o encontro, Carvalho ressaltou outro tipo de violência que atinge a maioria dos médicos brasileiros, a má remuneração.  

Após a apresentação dos assuntos pelas autoridades, os médicos presentes que acompanharam a palestra puderam interagir com os palestrantes. Por cerca de uma hora fizeram denúncias e reivindicaram melhorias e garantias de segurança no atendimento médico. Apesar da preocupação com os casos relatados, o coordenador do evento, Callegari, falou em tom de otimismo quanto aos resultados do encontro. “A violência contra os médicos está em discussão desde 2004 e, a cada debate, a audiência e a presença dos colegas vêm crescendo, contribuindo para uma sensibilização maior das autoridades para que possa resultar na aplicação de leis mais severas quando o crime for a violência”, avaliou.

Em 2004, o Cremesp promoveu um fórum sobre violência contra médicos que culminou na Carta de Ribeirão Preto.

Assédio sexual é discutido em encontro na Vila Mariana

Mais de 300 denúncias por assédio sexual foram registradas no Cremesp de 2002 a 2008. Para debater esse tema, a delegacia regional da Vila Mariana realizou palestra para delegados e ex-conselheiros, no dia 10 de dezembro. Sob a coordenação do presidente da Sociedade Paulista de Perícia Médica e delegado superintendente da Vila Mariana, Jarbas Simas, o evento reuniu cerca de 30 pessoas, entre delegados e ex-conselheiros. Foram abordados aspectos como o perfil de quem comete assédio sexual e o critério utilizado na sindicância de um médico que tenha sido denunciado pelo ato.

O alto índice de arquivamento dos casos (65%) levou o Cremesp a instalar uma câmara técnica para discutir o assédio sexual. A iniciativa partiu de um grupo formado por delegadas da Vila Mariana e pela conselheira Maria do Patrocínio Tenório Nunes, que ministrou a palestra. “Estamos tentando compreender melhor as razões do assédio para orientar como proceder e evitar constrangimentos com os médicos e injustiças com as pessoas. Quando um indivíduo se mobiliza a fazer esta grave denúncia, é necessário estar preparado para um acolhimento específico da situação”, analisa Maria do Patrocínio.

Simas exaltou a importância da reunião para a classe médica. “Pela primeira vez, o tema foi discutido de uma forma aberta e clara dentro do Conselho, com uma palestra de altíssimo nível. Recebemos apoio unânime de todos os delegados e ex-conselheiros que estiveram presentes na reunião. Foi um dia marcante”, afirmou.


Este conteúdo teve 1604 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 263 usuários on-line - 1604
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior