PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (JC pág. 2)
"A prática de crimes contra a humanidade é incompatível com o exercício ético da Medicina" - Henrique Carlos Gonçalves


ENTREVISTA (JC pág. 3)
Antonio Carlos Lopes: duras críticas à gestão atual do Programa de Residência Médica do Ministério da Educação


ATIVIDADES 1 (JC pág, 4)
Cremesp na Comissão Pró-SUS: por condições dignas de trabalho, remuneração e crescimento profissional


ATIVIDADES 2 (JC pág, 5)
Dia do Médico: homenagens e a posse dos novos diretores das regionais da APM no ABC, marcaram as comemorações


ESPECIAL (JC pág. 6)
A real situação das unidades de pronto-atendimento e prontos-socorros: condições de trabalho e acolhimento dos pacientes estão à beira de um colapso...


GESTÃO 2008-2013 (JC pág. 8-9)
A união entre as entidades e o estreitamento da relação deste Conselho com os médicos serão marcas desta gestão - Henrique Carlos Gonçalves


ÉTICA & JUSTIÇA (JC pág. 10)
Questões éticas e jurídicas da Medicina irão fazer parte do Jornal do Cremesp a partir desta edição


EXAME (JC pág. 11)
Resultados da quarta edição do Exame do Cremesp mostram piora no ensino médico no Estado


VIDA DE MÉDICO (JC pág. 12)
Gilberto Lopes da Silva Júnior: sua experiência de vida, dedicada integralmente à Medicina, relatada em livro


GERAL 1 (JC pág. 13)
TISS e profissional liberal... temas sempre polêmicos, foram abordados pelos conselheiros do CFM nesta edição


ALERTA ÉTICO (JC pág. 14)
Se estiver insatisfeito, paciente preso pode pleitear transferência do serviço médico?


GERAL 2 (JC pág. 15)
Vice-presidente do Cremesp recebe homenagem em Fórum Interprofissional sobre Violência contra a Mulher, realizado em São Luís


HISTÓRIA (JC pág, 16)
A rede de hospitais São Camilo, em expansão na cidade de São Paulo, conta sua história e os planos ousados de crescimento até 2012


GALERIA DE FOTOS



Edição 254 - 11/2008

GESTÃO 2008-2013 (JC pág. 8-9)

A união entre as entidades e o estreitamento da relação deste Conselho com os médicos serão marcas desta gestão - Henrique Carlos Gonçalves


POSSE SOLENE



Henrique Carlos exalta união entre as entidades e o estreitamento da relação do Cremesp com os médicos

“A pedra angular para o êxito desta gestão e para que possamos trazer benefícios aos médicos e à sociedade é a ampliação e o aperfeiçoamento da união das nossas entidades. Além da união do Cremesp, da APM, do Sindicato e da Academia, precisamos estreitar nossas relações com os médicos residentes por suas entidades, com o cooperativismo médico, com as representações dos professores de Medicina, e por que não, com os estudantes de Medicina. Respeitadas as competências e a independência de cada entidade, temos muito a construir juntos em prol da categoria e da sociedade”.

Com essas palavras, em seu discurso, o presidente reeleito do Cremesp,
Henrique Carlos Gonçalves, definiu os parâmetros pelos quais a nova gestão conduzirá o Conselho no próximo qüinqüênio. O discurso foi proferido durante a solenidade de posse solene dos conselheiros eleitos para a gestão 2008-2013 –, realizada na noite de 7 de novembro, no Clube Sírio Libanês, em São Paulo. Na ocasião, também foi apresentada a primeira diretoria desta gestão – para um mandato de 15 meses – até dezembro de 2009, e prestada homenagem ao médico José Aristodemo Pinotti.


A mesa de abertura da solenidade de posse da nova gestão do Cremesp foi composta por Arlindo Chinaglia (presidente da Câmara dos Deputados), Gerson Zafalon Martins (Conselho Federal de Medicina), José Erivalder Guimarães (Fenam), Cid Célio Carvalhaes (Sindicato dos Médicos de São Paulo), Jorge Carlos Machado Curi (Associação Paulista de Medicina), Guido Palomba (Academia de Medicina), Luiz Roberto Barradas Barata (Secretaria de Estado da Saúde); e Gilberto Natalini (vereador).

Após a execução do Hino Nacional, foi apresentado um vídeo institucional do Cremesp a cerca de mil convidados, entre autoridades, representantes da classe médica, conselheiros e seus familiares. O vídeo será exibido também aos novos médicos inscritos durante as sessões solenes de entrega de carteiras profissionais.

A formalização da posse de Henrique Carlos Gonçalves no cargo de presidente do Cremesp, feita pelo representante do Conselho Federal de Medicina, Gerson Zafalon Martins, deu início à cerimônia, com as palavras do secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata, que expressou sua satisfação em estar participando mais uma vez da posse da nova diretoria do Conselho: “Em nome do governador do Estado, parabenizo os novos diretores, enfatizando que São Paulo tem muita sorte de ter à frente desta entidade de classe uma diretoria experiente e competente. Aproveito a oportunidade para agradecer a parceria estabelecida entre o Governo do Estado, a Secretaria da Saúde e o Conselho Regional de Medicina nestes últimos anos”.

Com a palavra, o presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia, fez referência ao capítulo sobre Saúde da Constituição Brasileira de 1988, que neste ano completa 20 anos: “Uma das suas mais belas páginas é exatamente aquela que trata da questão saúde, seja pelo acesso universal como também pela garantia do Estado”. E convidou as entidades médicas a realizar uma reunião com o objetivo de discutir as questões mais urgentes do setor: “Convido as entidades aqui presentes para uma reunião, em breve, no que me restar à frente da presidência da Câmara dos Deputados, para que a gente procure votar e aprovar aquilo que nós entendemos como algo legítimo para acrescentar à legislação brasileira: mais garantias para um sistema de saúde adequado”.

Homenagem

Em seu discurso inicial, Henrique Carlos homenageou o médico José Aristodemo Pinotti, que por motivos pessoais não pôde comparecer ao evento. “Escolhemos Pinotti como profissional a ser homenageado pelo Cremesp, na gestão 2008-2013, em agradecimento e reconhecimento à personalidade que representa para a medicina”, afirmou.

O médico Marcelo Gennari, genro do homenageado, recebeu das mãos do conselheiro Krikor Boyaciyan a placa comemorativa em nome de Pinotti e agradeceu a homenagem. “Como médico é gratificante poder contar com representantes de nossa classe, como os membros desta diretoria que tomam posse no Cremesp, que lutam por causas tão nobres da medicina”.

Compromisso de posse

O presidente Henrique Carlos Gonçalves, reconduzido à presidência pelo Pleno do Conselho – cuja posse oficial ocorreu em 1º de outubro, na sede do Cremesp –, efetuou a leitura do compromisso de posse:  “Na qualidade de membro do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, prometo cumprir com retidão, respeito aos princípios éticos, justiça e fiel observância às leis de nosso país, os deveres que ora me são atribuídos. Tudo fazendo pela dignidade da profissão médica e em benefício da sociedade”.

Após a apresentação dos 42 médicos eleitos para a atual gestão, Henrique Carlos deu posse aos conselheiros da gestão 2008-2013 e à primeira diretoria, que deverá permanecer no cargo durante 15 meses, até dezembro de 2009. E declarou: “a corporação médica exerceu a democracia e votou pela continuidade das ações do Cremesp, resposta inequívoca àqueles que, na ânsia de conquistar o Conselho, decaíram durante o processo eleitoral dos limites da ética e enveredaram pelas vias da ilegalidade”.  Ao agradecer a presença de todos, enfatizou a importância do trabalho conjunto das entidades médicas paulistas nas conquistas futuras da classe: “juntos somos fortes e imbatíveis”, finalizou.

 
Parlamentares, representantes do governo e entidades médicas expõem suas expectativas em relação à
nova gestão do Cremesp

“Eu identifico no dr. Henrique Carlos, e nesta gestão, aquilo que na minha opinião é o escoadouro de lutas tão legítimas quanto antigas. Legítimas porque se orientam pela boa formação profissional, se orientam também para garantir condições de trabalho adequadas para os profissionais. E tudo isso, evidentemente, tem como objetivo central a saúde da população brasileira.”
Arlindo Chinaglia (PT-SP), presidente da Câmara dos Deputados


“Quero dar os parabéns à nova direção deste Conselho. Neste momento de crise, em que os jornais estampam 61% de reprovação entre os egressos das nossas faculdades de Medicina, a tarefa do Conselho é muito árdua, mas São Paulo tem sorte porque tem à frente de sua entidade de classe uma gestão de conselheiros experiente e tarimbada.”

Luiz Roberto Barradas Barata, secretário de Saúde do Estado de São Paulo



“Nós acompanhamos de perto as eleições do Conselho, e ela é imprescindível para a Secretaria da Saúde, porque nós lidamos com o povo, com a população, com os munícipes, e a ética é parte integrante dos processos de trabalho dos médicos.”


Paulo Kron
representante do secretário municipal de Saúde, Januário Montone


“A posse desta nova diretoria mostra claramente que os médicos fizeram uma opção pela ética, pela sequência de um trabalho que vem sendo realizado de uma forma bastante criteriosa. O Sindicato dos Médicos de São Paulo tem tido uma convivência muito boa com todas as entidades médicas e, especialmente, com o Cremesp, que liderou essa união no Estado de São Paulo.”
Cid  Carvalhaes
, presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo



“A nossa expectativa é poder desenvolver ainda mais o esforço conjunto das entidades médicas, nos termos propostos pela Federação dos Médicos do Estado de São Paulo (Femesp). É um novo momento. Cada entidade terá de fazer um esforço próprio no sentido de superar suas limitações e conseguir incrementar novas bandeiras, cada uma dentro das suas características.”

Jorge Carlos Machado Curi
, presidente da APM


“É extremamente importante para as classes médicas paulista e brasileira a reeleição dos conselheiros regionais de Medicina do Estado de São Paulo com pequenas oxigenações. Minha expectativa com esta gestão 2008-2013 é a melhor possível.”



Guido Palomba
, presidente da Academia de Medicina de São Paulo


“Conheço e sou admirador do trabalho desta gestão reeleita do Cremesp, que vem desenvolvendo um papel muito importante na luta pela regulação da profissão e da saúde pública no Estado de São Paulo e no Brasil. Tenho certeza de que esse trabalho vai continuar porque os médicos e a saúde pública enfrentam muitas dificuldades.”

Gilberto Natalini, vereador reeleito  pelo PSDB- SP


“Nós estamos vivendo um momento especial em São Paulo, onde há uma queixa generalizada de falta de assistência ou má assistência, e essa nova gestão que toma posse no Cremesp tem o compromisso profundo com a defesa da saúde da população, com a defesa do exercício profissional, defesa do médico, das condições de trabalho do médico.”

Jamil Murad, vereador eleito pelo PCdoB-SP


“A expectativa em relação a essa posse é realmente das melhores, ou seja, nós queremos que a ética seja mantida. Para isso, é necessário que o médico esteja satisfeito com o que faz e, infelizmente, atualmente não é o que acontece.”



Ronaldo Nazário
, representante da Federação das Unimeds do Estado de São Paulo



“Quero dar os parabéns a todos os conselheiros do Cre¬mesp, dizendo que colocamos todos os departamentos e todo o CFM à disposição deste Conselho. Parabéns ao Henrique, parabéns a todos os conselheiros do Cremesp.”


Gerson Zafalon Martins
, vice-presidente do Conselho Federal de Medicina


Este conteúdo teve 1622 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 303 usuários on-line - 1622
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior