PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (JC pág. 2)
Temos a certeza do dever cumprido e o sentimento de honra de ter servido a esta Casa, aos médicos do Estado e a sua população - Henrique Carlos Gonçalves


ENTREVISTA (JC pág. 3)
Pedro Gabriel Delgado, coordenador de Saúde Mental no Estado, é o entrevistado desta edição


ATIVIDADES 1 (JC pág. 4)
PEC do Cremesp, realizado na capital, discute distúrbios do sono e exames de medicina interna


ATIVIDADES 2 (JC pág. 5)
CAPES - Médicos paulistas, inscritos no Cremesp e ativos, já podem acessar periódicos internacionais de renome


GERAL 1 (JC pág. 6)
Confira os principais pontos debatidos no Fórum Ética e Pesquisa/Revisão da Declaração de Helsinki, realizado em agosto


GERAL 2 (JC pág. 7)
Justiça Federal concede ganho de causa ao Conselho, com arquivamento de processo impetrado com má-fé por chapa da oposição


ATIVIDADES 3 (JC pág. 8)
Direção do Iamspe conversa com Cremesp a respeito de problemas identificados no Hospital do Servidor Público Estadual


GERAL 3 (JC pág. 9)
O médico cirurgião Elias Farah conta sua história de vida e dedicação à Medicina na cidade de Viradouro, interior paulista


ESPECIAL (JC pág. 10/11)
Exame do Cremesp: mais de 700 formandos realizaram a prova objetiva, na capital e no interior do Estado


INDÚSTRIA (JC pág. 12)
Max Grinberg e Tarso Accorsi: quais fronteiras delimitam a relação entre médico e propagandista da indústria farmacêutica?


CONJUNTURA (JC pág. 13)
Infecções por micobactérias: Anvisa conta com os médicos para conter número de casos


GERAL 4 (JC pág. 14)
Acompanhe a participação da presidência do Cremesp em eventos relevantes para a classe


ALERTA ÉTICO (JC pág.15)
Dúvidas sobre algumas questões que envolvem a prática médica e a livre-docência em Medicina?


EDITAL (JC págs. 16 à 19)
Empresas inativas 2008: confira a relação daquelas que devem providenciar regularização


HISTÓRIA (JC pág. 20)
Hospital Amigo da Criança: título concedido pela OMS e Unicef ao Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros


GALERIA DE FOTOS



Edição 252 - 09/2008

ATIVIDADES 1 (JC pág. 4)

PEC do Cremesp, realizado na capital, discute distúrbios do sono e exames de medicina interna


EDUCAÇÃO MÉDICA CONTINUADA



Programa na Capital discute distúrbios do sono e exames

Dentro do 20º módulo do Programa de Educação Médica Continuada do Cremesp sobre temas gerais de interesse prático para o médico, foi realizado um amplo debate sobre Transtornos do Sono e Exames em Medicina Interna, nos dias 15 e 16 de agosto, na sede do Conselho, sob a coordenação do conselheiro José Henrique Andrade Vila.

A abertura do evento foi feita pelo diretor e conselheiro Antonio Pereira Filho, que, durante o Momento Ético, discutiu a  importância do diagnóstico em medicina, ressaltando dois aspectos fundamentais do atendimento médico: a anamnese e o exame físico bem realizado. “Tentem abolir o ‘a esclarecer’ do diagnóstico, que vem florescendo nos últimos dez anos; a boa prática exige que pelo menos se formulem hipóteses diagnósticas”, aconselhou Pereira. “Se o médico não fizer isso, vai ficar dependente de exames complementares, que não podem ser o centro do diagnóstico, pois a medicina tem se tornado muito cara para os sistemas de saúde, que não estão conseguindo arcar com seus custos”, completou.

O conselheiro referiu-se ainda aos artigos do Código de Ética Médica que ajudam o médico a equacionar o conflito entre a necessidade de se solicitar exames adicionais e o custo que eles representam. “O Código nos baliza nessa questão. Eliminando o ‘a esclarecer’, teremos um exercício mais ético da Medicina”, afirmou.

Apnéia obstrutiva
Durante as palestras foram abordados particularmente os aspectos relacionados à apnéia obstrutiva durante o sono. “Os participantes demonstraram a importância desse tema na medicina clínica de hoje, uma vez que esses distúrbios estão relacionados a várias doenças como algumas cardiopatias, hipertensão arterial, obesidade etc.”, explicou o conselheiro Vila. Ele acrescentou que o diagnóstico dessa síndrome está hoje estabelecido, assim como os princípios gerais de terapêutica.

No segundo dia do curso, foi realizada uma mesa redonda sobre métodos auxiliares de diagnóstico em medicina interna, quando foram debatidos tópicos relevantes, visando a maior precisão na solicitação de exames laboratoriais, cardiológicos e de imagem. “Tivemos palestrantes do mais alto nível, o que despertou grande interesse do público, que participou ativamente dos debates”, finalizou Vila.

Além do Momento Ético, os demais temas do encontro e respectivos palestrantes foram: Considerações sobre o impacto dos transtornos do sono na atualidade (Flávio Sadurny de Alóe); Conceito de insônia e estratégias terapêuticas (Luciano Ribeiro Pinto Júnior); Síndrome das Pernas Inquietas: considerações sobre o diagnóstico e tratamento (Rosa Hasan); SAOS: importância do diagnóstico e tratamento (Flávio Sadurny de Alóe); Polissonografia: indicações (Stella Márcia Azevedo Tavares); Mesa redonda: Exames auxiliares para diagnóstico em medicina interna, com participação de José Henrique Andrade Vila, Marco Tadeu Moreira de Moraes, Cláudio Campi de Castro, Eduardo Adalberto Jaccoud e Nelson Medeiros Júnior.


CLUBE DO FÍGADO

No encontro, foram discutidas condutas e controvérsias a partir de quatro casos clínicos de pacientes atendidos e operados pelo Grupo de Cirurgia do Fígado e Hipertensão Portal do Departamento de Gastroenterologia da Fmusp, notadamente aspectos clínicos e técnicos das ressecções de segmentos hepáticos em casos de metástases de câncer colo-retal e de hepatocarcinoma.

A reunião, que contou com a presença de diversos professores das principais escolas médicas de São Paulo e de vários médicos interessados em doenças do fígado, foi marcada pela ampla discussão dos casos apresentados. A próxima reunião acontece dia 7 de outubro, às 10 horas, e ficará sob responsabilidade da Escola Paulista de Medicina.


Cremesp participa de reunião da
Comissão Pró-SUS

Tendo como pauta de discussão temas como o Programa de Saúde da Família e a nacionalização de movimentos médicos como o de Pernambuco, a Comissão Pró-SUS se reuniu no dia 21 de agosto, na sede da Associação Médica Brasileira (AMB). O Cremesp esteve representado pelo diretor primeiro-secretário e conselheiro Renato Azevedo Júnior. Também participaram representantes do Conselho Federal de Medicina (CFM), da Federação Nacional dos Médicos (Fenam) e de outras entidades médicas.

Durante o encontro ficou decidido que será realizada audiência pública no Congresso Nacional no dia 14 de outubro, quando haverá uma pauta exclusivamente médica. O objetivo da comissão é buscar apoio nas discussões em torno do piso salarial, plano de carreira e melhores condições de trabalho para os médicos que atuam no SUS.

Na opinião de Azevedo, o encontro foi produtivo, pois atualizou informações sobre o movimento médico. “Foi uma oportunidade de unificar os problemas, que são semelhantes em várias regiões do país. Por exemplo, o movimento de Pernambuco é um referencial político importante para fortalecer o financiamento da saúde pública pelo governo”, declarou.   

Julgamentos simulados em
Congresso da Sogesp

O Cremesp participou do 13º Congresso da Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp) – realizado em São Paulo entre os dias 28 e 30 de agosto –  por meio de palestras e realização de julgamentos simulados sobre negligência, imperícia e imprudência médica, sob a coordenação do presidente da sociedade, e também diretor e conselheiro do Cremesp, Krikor Boyaciyan. “Os simulados foram muito proveitosos para os colegas que os assistiram, pois trata de situações em que se discutem procedimentos éticos dentro da Medicina”, afirmou Boyaciyan.

O presidente do Cremesp, Henrique Carlos Gonçalves, presidiu um julgamento sobre o tema Paciente com duas cesáreas anteriores submetida a parto normal sob risco, que também contou com a participação do conselheiro Eurípedes Balsanufo Carvalho como relator da sessão.

Com a presença de autoridades internacionais, o evento reuniu 6.746 congressistas, que participaram de mesas-redondas e conferências, com o objetivo de debater, reciclar e atualizar temas relacionados à área.

Mais uma reunião do Clube do Fígado foi realizada dia 4 de setembro no anfiteatro da sede do Cremesp, na Capital. Desta vez, o módulo – que integra o Programa de Educação Médica Continuada – ficou sob responsabilidade da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Fmusp), sob a coordenação de Vincenzo Pugliese.

Este conteúdo teve 1786 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 303 usuários on-line - 1786
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior