PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (JC pág. 2)
Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo: referência de respeito à cidadania, aos direitos humanos e à ética


ENTREVISTA (SM pág. 3)
Em entrevista, a pediatra Rosana Fiorini Puccini, fala sobre o livro A Formação Médica na Unifesp - Excelência e Compromisso Social


ATIVIDADES 1 (JC pág. 4)
Programa de Educação Continuada: número crescente de participantes demonstra interesse pela reciclagem profissional de qualidade


ATIVIDADES 2 (JC pág. 5)
Destaque para nosso Banco de Empregos Médicos, serviço de sucesso, gratuito, que há 5 anos beneficia médicos na busca por crescimento profissional e pessoal


ATIVIDADES 3 (JC pág. 6)
Exame do Cremesp 2008: quarta edição da avaliação de recém-formados em Medicina tem mil inscritos para a primeira fase da prova


ELEIÇÃO 1 (JC pág. 7)
Unidade Médica vence eleição do Conselho por ampla maioria, com 42,35% dos votos válidos


ELEIÇÃO 2 (JC págs. 8/9)
Acompanhe as propostas para a gestão da Unidade Médica, defendidas durante a campanha eleitoral


IND. FARMACÊUTICA (JC pág. 10)
Pesquisas close-up: muito além do conflito de interesses, prática - se confirmada - fere a intimidade dos pacientes


CONJUNTURA (JC pág. 11)
Efeitos da aplicação da Lei Seca no trânsito: número de mortes nas estradas federais cai 14,5% em julho


ARTIGO (JC pág. 12)
O tratamento - ético - da obesidade, pela conselheira e médica endocrinologista Ieda Verreschi


GERAL 1 (JC pág. 13)
Em Vida de Médico, José Luiz Barbosa dá um depoimento emocionado sobre sua trajetória profissional dedicada à Medicina


ALERTA ÉTICO
Médico com formação geral está apto a prestar atendimento em clínica médica e pediatria? Esclareça esta e outras dúvidas pertinentes ao exercício da Medicina


GERAL 2 (JC pág. 15)
Acompanhe a participação do Cremesp em eventos relevantes para a classe médica do Estado


HISTÓRIA (JC pág. 16)
Santa Casa de São Carlos: 109 anos de história e referência em procedimentos de cardiologia intervencionista


GALERIA DE FOTOS



Edição 251 - 08/2008

ELEIÇÃO 2 (JC págs. 8/9)

Acompanhe as propostas para a gestão da Unidade Médica, defendidas durante a campanha eleitoral


Propostas para a gestão Unidade Médica defendidas durante a
campanha eleitoral

1. Defesa do Plano de Carreira, Cargos e Salários para os médicos do SUS.
2. Criação do Centro de Análise de Condições de Trabalho, com intensificação das fiscalizações e acesso para que os médicos denunciem os problemas dos locais de trabalho.
3. Implantação em todo o Estado do piso salarial de R$ 7.500,00 por 20 horas semanais, conforme proposta do encontro nacional das entidades médicas.
4. Continuidade do Exame do Cremesp, para avaliação dos estudantes do sexto ano de Medicina, pelo controle rigoroso do MEC na abertura e no funcionamento dos cursos.
5. Ampliação do programa gratuito de Educação Médica Continuada do Cremesp em parceria com as entidades médicas.
6. Criação da Câmara Técnica de Qualificação da Residência Médica, com participação dos diferentes segmentos envolvidos.
7. Criação do programa Saúde do Médico. Manutenção da atual Rede de Apoio aos médicos dependentes de álcool e drogas, e extensão para o controle do tabagismo, prevenção do câncer de mama e de próstata.
8. Cartão DSV (viabilizado pelo Cremesp para liberação do rodízio na capital) para os médicos que moram na Região Metropolitana.
9. Implantação de plano fechado de Previdência Complementar dos médicos, conforme estudos de viabilidade já realizados.
10. Lançamento de novas campanhas de valorização do médico junto aos gestores, empregadores e opinião pública.
11. Criação da Câmara Técnica de Cooperativismo Médico.

Conselheiros eleitos para a
gestão 2008-2013

Adamo Lui Netto, oftalmologia - São Paulo
Akira Ishida, ortopedia - São Paulo
Alfredo Rafael Dell´Aringa, otorrinolaringologia – Marília
André Scatigno Neto, radiologia - São Paulo
Antonio Pereira Filho, reumatologia - São Paulo
Bráulio Luna Filho, cardiologia - São Paulo
Caio Rosenthal, infectologia - São Paulo
Carlos Alberto Herrerias de Campos, otorrinolaringologia – São Paulo
Carlos Alberto Monte Gobbo, urologia – Bauru
Clóvis Francisco Constantino, pediatria - São Paulo
Denise Barbosa Malek, pneumologia – Campinas
Desiré Carlos Callegari, anestesiologia - Região do ABC
Eurípedes Balsanufo Carvalho, ginecologia - São Paulo
Gaspar de Jesus Lopes Filho, gastroenterologia - São Paulo
Henrique Carlos Gonçalves, pediatria – Guarulhos
Henrique Liberato Salvador, otorrinolaringologia - Pres. Prudente
Isac Jorge Filho, gastroenterologia - Ribeirão Preto
João Ladislau Rosa, pneumologia - São Paulo
João Márcio Garcia, anestesiologia – Sorocaba
José Henrique Andrade Vila, cardiologia - São Paulo
José Marques Filho, reumatologia/clínica médica – Araçatuba
José Yoshikazu Tariki, cirurgia plástica - São Paulo
Kazuo Uemura, anestesiologia – Guarulhos
Krikor Boyaciyan, ginecologia - São Paulo
Lavínio Nilton Camarim, gastroenterologia – Franca
Luiz Alberto Bacheschi, neurologia - São Paulo
Luiz Flávio Florenzano, anestesiologia – Santos
Marco Tadeu Moreira de Moraes, reumatologia - São Paulo
Maria do Patrocínio Tenório Nunes, clínica médica - São Paulo
Marli Soares, clínica médica - São Paulo
Mauro Gomes Aranha de Lima, psiquiatria - São Paulo
Nacime Salomão Mansur, gastrocirurgia/cirurgia geral - São Paulo
Pedro Teixeira Neto, gastroenterologia - São J. Rio Preto
Reinaldo Ayer de Oliveira, cirurgia cardiovascular – São Paulo
Renato Azevedo Júnior, cardiologia - São Paulo
Renato Françoso Filho, cirurgia geral – Piracicaba
Rodrigo Durante Soares, residente em cardiologia – São Paulo
Rui Telles Pereira, pediatria - São Paulo
Silvana Morandini, ginecologia - São José dos Campos
Silvia Helena Mateus, pneumologia – Campinas

ELEIÇÃO CREMESP 2008-2013: QUADRO GERAL DA VOTAÇÃO

Observadores comentam eleição

Confira, a seguir, as declarações dos observadores de várias entidades que estiveram no Cremesp para verificar a votação e a apuração dos votos:

“A avaliação que fizemos, na condição de observadores designados pela OAB para acompanhar as eleições do Cremesp, é a de que tudo transcorreu na mais perfeita ordem. A comissão eleitoral atuou de forma competente, tomou todas as providências necessárias para o bom andamento do pleito; e a apuração transcorreu com eficiência. Os pequenos problemas foram sendo resolvidos a contento pela comissão eleitoral à medida que surgiam. O trabalho da comissão eleitoral foi muito bem realizado. A OAB  agradece ao convite feito a nossa instituição para garantir que o processo eleitoral do Cremesp fosse conduzido com lisura”. Declaração de Ivete Senise Ferreira, conselheira  e vice-diretora  da Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional São Paulo, que atuou como obeservadora  pela OAB; juntamente com Braz Martin Neto, conselheiro e presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB-SP; Tallulah Kobayashi de Carvalho, conselheira e diretora adjunta da Comissão da Mulher da OAB-SP.      
 
“Estive na abertura do processo e voltei para o encerramento e o início da apuração. O que pude observar é que tudo transcorreu normalmente, independentemente de algumas questões que estão sendo levantadas por chapas da oposição em relação ao momento da chegada dos votos. Essa é a principal questão, mas decidiram (as chapas representantes), segundo a informação que tenho, que esses votos vão ser apurados. Então, conseqüentemente, é uma questão, que se for levantada é a posteriori. O processo aqui se desenvolveu, que eu saiba, normalmente.” Audálio Dantas, jornalista e vice-presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI). 
 
“Achei excelente. Foi um modelo para todo o Brasil. Durante o processo eleitoral, o Cre¬mesp foi o auditório da democracia. As eleições tiveram regras claras e muito bem executadas. Estão todos de parabéns.” Gil Lucio, presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito)
 
“Foi um processo legítimo, muito bem conduzido. A votação contou com muita praticidade, num processo rápido e organizado. Os envolvidos estão de parabéns.” Raquel Delfini, presidente do Conselho Regional de Fármácia (CRF)

“Pelo que pude observar a eleição transcorreu num clima de tranqüilidade, a votação foi democrática e não observei nenhum tipo de irregularidade ou tensão que não fosse normal numa eleição com quatro chapas.” Gilberto Natalini, médico e vereador, membro da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de São Paulo

“Finalmente a verdade foi restabelecida nesse processo. Nunca vi um processo com tantos achincalhes e com tantas armadilhas. Nunca imaginei que a imagem do Cremesp pudesse ser tão exposta; uma instituição que é um orgulho do povo brasileiro ser tão aviltada, tão maltratada por interesses mesquinhos e subalternos. Essa entidade respeitadíssima é presidida por Henrique Carlos, uma pessoa acima de qualquer suspeita, e por um grupo de conselheiros de muita seriedade”. Adriano Diogo, deputado estadual

Repercussão
“Foi um resultado muito importante para o movimento médico, pois confirmou que o empenho em se manter o projeto de unidade médica, da forma como tem sido feito, é o melhor caminho para enfrentarmos os grandes desafios que teremos pela frente.” Jorge Carlos Machado Curi, presidente da Associação Paulista de Medicina (APM).

“A vontade dos médicos se fez. O compromisso e a realização da Chapa 1 demonstraram a consciência, a lucidez e a eficiência dos médicos que dirigiram este Conselho. Como apoiador e espectador da vontade dos médicos, entendo que prevaleceram a luta e o trabalho realizado.” Cid Célio Carvalhaes, presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp).

“Acho que foi um ganho muito grande para a classe médica que a Chapa 1 tenha sido eleita com um número expressivo de votos; primeiramente, pela aprovação de uma gestão eficientíssima. Em segundo lugar, porque esses membros, altamente capacitados e experientes, podem proporcionar para o Estado de São Paulo uma medicina de excelentíssima qualidade.”  Guido Palomba – Academia Brasileira de Medicina.



Este conteúdo teve 1621 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 229 usuários on-line - 1621
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior