PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (JC pág. 2)
Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo: referência de respeito à cidadania, aos direitos humanos e à ética


ENTREVISTA (SM pág. 3)
Em entrevista, a pediatra Rosana Fiorini Puccini, fala sobre o livro A Formação Médica na Unifesp - Excelência e Compromisso Social


ATIVIDADES 1 (JC pág. 4)
Programa de Educação Continuada: número crescente de participantes demonstra interesse pela reciclagem profissional de qualidade


ATIVIDADES 2 (JC pág. 5)
Destaque para nosso Banco de Empregos Médicos, serviço de sucesso, gratuito, que há 5 anos beneficia médicos na busca por crescimento profissional e pessoal


ATIVIDADES 3 (JC pág. 6)
Exame do Cremesp 2008: quarta edição da avaliação de recém-formados em Medicina tem mil inscritos para a primeira fase da prova


ELEIÇÃO 1 (JC pág. 7)
Unidade Médica vence eleição do Conselho por ampla maioria, com 42,35% dos votos válidos


ELEIÇÃO 2 (JC págs. 8/9)
Acompanhe as propostas para a gestão da Unidade Médica, defendidas durante a campanha eleitoral


IND. FARMACÊUTICA (JC pág. 10)
Pesquisas close-up: muito além do conflito de interesses, prática - se confirmada - fere a intimidade dos pacientes


CONJUNTURA (JC pág. 11)
Efeitos da aplicação da Lei Seca no trânsito: número de mortes nas estradas federais cai 14,5% em julho


ARTIGO (JC pág. 12)
O tratamento - ético - da obesidade, pela conselheira e médica endocrinologista Ieda Verreschi


GERAL 1 (JC pág. 13)
Em Vida de Médico, José Luiz Barbosa dá um depoimento emocionado sobre sua trajetória profissional dedicada à Medicina


ALERTA ÉTICO
Médico com formação geral está apto a prestar atendimento em clínica médica e pediatria? Esclareça esta e outras dúvidas pertinentes ao exercício da Medicina


GERAL 2 (JC pág. 15)
Acompanhe a participação do Cremesp em eventos relevantes para a classe médica do Estado


HISTÓRIA (JC pág. 16)
Santa Casa de São Carlos: 109 anos de história e referência em procedimentos de cardiologia intervencionista


GALERIA DE FOTOS



Edição 251 - 08/2008

ELEIÇÃO 1 (JC pág. 7)

Unidade Médica vence eleição do Conselho por ampla maioria, com 42,35% dos votos válidos


UNIDADE MÉDICA – CHAPA 1


Vence eleição do Cremesp por ampla maioria

A Unidade Médica – Chapa 1 – venceu, por ampla maioria, as eleições para a gestão 2008-2013 do Cremesp, com 24.672  (42,35%) dos votos válidos, entre quatro chapas concorrentes. A Chapa 2 (Resgate) ficou com 3.867 (6,64%) dos votos, enquanto a Chapa 3 (Médico em 1º Lugar), com 13.228 (22,71%) e a Chapa 4 (Opção Ética), com 12.890 (22,13%). A posse oficial será no dia 1º de outubro e a posse solene no dia 22 de outubro.

Desde o início, o processo eleitoral foi coordenado e supervisionado por uma comissão eleitoral formada pelos médicos: Adagmar Andriolo (presidente), Graça Souto e Aldemir Humberto Soares. O processo também teve a supervisão de observadores da OAB-SP, da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, da Câmara dos Vereadores de São Paulo, e dos Conselhos Regionais de Farmácia, de Fisioterapia e de Odontologia (veja box na página 9). Fiscais das chapas concorrentes acompanharam todo o processo de votação e a apuração.

O Cremesp arcou com o custo de postagem de uma publicação de até quatro páginas para cada uma das quatro chapas. Cada uma das chapas teve também direito a uma página do Jornal do Cremesp (edição nº 250 – julho) para explanar sua proposta eleitoral.

Voto por correspondência
Neste ano, por decisão do Conselho Federal de Medicina, a eleição ocorreu preferencialmente por correspondência para os médicos residentes na cidade de São Paulo e, exclusivamente por correspondência, para os médicos residentes no Interior e na Grande São Paulo. O material para votação – incluindo a cédula de voto e as informações necessárias para votar – foi enviado pelos Correios no dia 18 de julho para todos os médicos inscritos no Cremesp. Os votos por correspondência foram recebidos até as 18 horas do dia 7 de agosto e só foram considerados válidos os que apresentavam a chancela dos Correios na sobrecarta.

Os médicos da Capital que optaram por votar presencialmente puderam fazê-lo nos dias 5, 6 e 7 de agosto. Foram colocadas urnas na sede do Cremesp, na Delegacia Metropolitana da Vila Mariana e nas quatro Delegacias Regionais Metropolitanas (Norte, Sul, Leste e Oeste).

A eleição recebeu um total de 58.257 votos dentre os 84.000 médicos aptos a votar, incluindo os votos em branco, que somaram 1.831, e os nulos, 1.769.

Apuração
A apuração dos votos – que foi realizada por leitura ótica, com checagem manual de amos-tras estatisticamente válidas – foi realizada por juntas receptoras, designadas pelo presidente da comissão eleitoral. A elas coube conferir as assinaturas dos votos por correspondência com os dados cadastrais do médico, tendo sido dispensado o reconhecimento de firma.

As juntas receptoras abriram as sobrecartas, uma a uma, e delas retiraram o envelope menor – que deveria estar devidamente fechado – contendo a cédula eleitoral e a papeleta de identificação do eleitor – para efeito de numeração.

O eleitor que votou por correspondência, mas que tinha algum impedimento legal junto ao Cremesp ou não tinha seu nome incluído na folha de votação, não teve seu voto considerado como válido, sendo que o mesmo foi encaminhado ao presidente da comissão eleitoral.

ELEIÇÃO CREMESP 2008-2013

CHAPA                                   PERCENTUAL               VOTOS

Chapa 1 - Unidade Médica               42.35%                            24.672
Chapa 2 - Resgate                              6.64%                              3.867
Chapa 3 - Médico em 1º lugar           22.71%                           13.228
Chapa 4 - Opção Ética                      22.13%                           12.890

Votos Brancos                                   3.14%                             1.831
Votos Nulos                                      3.04%                             1.769


Presidente da comissão eleitoral analisa pleito

O presidente da comissão eleitoral, Adagmar Andriolo, afirmou logo após o final da apuração, na manhã do dia 8 de agosto, que “a eleição do Cremesp ocorreu em clima de tranqüilidade”. Segundo ele, “tínhamos quatro chapas e, evidentemente, isso condiciona a algum radicalismo das várias partes envolvidas, mas, felizmente, todos os concorrentes se comportaram de forma bastante digna e honrada, e contribuíram muito para o sucesso dos trabalhos; em menos de 12 horas do encerramento do prazo das votações temos toda a apuração concluída, com o resultado de aclamação da Chapa 1 como vencedora, sem nenhuma contestação dos demais candidatos,  evidenciando a transparência e a ordem com que os trabalhos foram desenvolvidos”.

Andriolo agradeceu “a contribuição que todos os candidatos deram, auxiliando o trabalho, assim como à equipe montada pelo Cremesp e pela Comissão Eleitoral, no sentido de atendermos as exigências da Resolução (normas do CFM para a eleição dos CRMs de todos os Estados)”.



Este conteúdo teve 1405 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 293 usuários on-line - 1405
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior