PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (JC pág. 2)
Macular a imagem do Cremesp significa macular a própria imagem dos médicos paulistas - Henrique Carlos Gonçalves


PRESTANDO CONTAS (JC pág. 3)
Denúncias anônimas tentam ferir a imagem do Conselho e as de seus últimos presidentes


PRESTANDO CONTAS (JC pág. 4)
Documentos comprovam idoneidade e a forma correta de trabalho com que esta Casa é administrada


ESPECIAL (JC pág. 6 e 7)
Congresso de Bioética, realizado em Ribeirão Preto, reuniu público recorde na discussão de temas de grande interesse científico


ELEIÇÕES 2008 (JC pág. 8)
Tudo o que você precisa saber para participar das Eleições do Cremesp - quinquênio 2008-2013


ELEIÇÕES 2008 (JC pág. 9)
Acompanhe os componentes da Chapa 1 - Unidade Médica, concorrentes às eleições do Cremesp 2008


ELEIÇÕES 2008 (JC pág. 10)
Acompanhe os componentes da Chapa 2, Resgate - A Renovação Inteligente, concorrentes às eleições do Cremesp 2008


ELEIÇÕES 2008 (JC pág. 11)
Acompanhe os componentes da Chapa 3, Médico em 1º lugar, concorrentes às eleições do Cremesp 2008


ELEIÇÕES 2008 (JC pág. 12)
Acompanhe os componentes da Chapa 4, Opção Ética, concorrentes às eleições do Cremesp 2008


EXAME 2008 (JC pág. 13)
Exame do Cremesp 2008 tem inscrições prorrogadas até 31 de julho


ENTREVISTA (JC pág. 14)
Luiz Arnaldo Szutan, novo diretor da FCMSC-SP, é o entrevistado desta edição


ATIVIDADES 1 (JC pág. 15)
Portal científico do Cremesp dará acesso a 135 títulos de periódicos internacionais


ATIVIDADES 2 (JC pág. 16)
Veja os Módulos de Educação Médica Continuada deste mês de julho


ATIVIDADES 3 (JC pág. 17)
Neste mês de julho, Cremesp abriu licitação pública para comunicação institucional


VIDA DE MÉDICO (JC pág. 17)
Álvaro Bien, geriatra e clínico geral, quer passar sua experiência de vida, como profissional da Medicina, aos filhos


ALERTA ÉTICO (pág. 18)
Tire suas dúvidas sobre o fornecimento da declaração de óbito do paciente a familiares


GERAL (JC pág. 19)
Presidente do Conselho é homenageado por oftalmologistas em Simpósio Internacional


GALERIA DE FOTOS



Edição 250 - 07/2008

PRESTANDO CONTAS (JC pág. 3)

Denúncias anônimas tentam ferir a imagem do Conselho e as de seus últimos presidentes


A QUEM INTERESSA MACULAR A IMAGEM DO CREMESP?

Nos últimos dias, o Cremesp tem sido vítima de acusações infundadas e denúncias anônimas que visam ferir a sua imagem. Os médicos do Estado de São Paulo precisam ficar alertas em relação a essas tentativas de tumultuar e difamar a classe médica.

Denúncias anônimas e questionamentos de ordem exclusivamente administrativa, feitos em relatório preliminar do Tribunal de Contas da União, têm sido utilizados para se tentar macular a imagem do Cremesp e as de seus últimos presidentes.

Diante da inconsistência de tais denúncias faz-se necessário perguntar: por que macular a imagem deste Conselho? Quais interesses estão por trás desse movimento que visa à mais alta Casa de ética dos médicos de São Paulo? Estariam relacionados com a defesa intransigente da ética no exercício da Medicina que este Conselho exerce?

Para colaborar na reflexão sobre estas indagações, a gestão 2003-2008 do Cremesp, transparente como sempre foi durante todo seu mandato, dá seqüência nesta e nas páginas 4 e 5 à sua prestação de contas aos médicos do Estado de São Paulo, iniciada na edição anterior (nº 249) do Jornal do Cremesp.

Histórico
As denúncias inicialmente anônimas feitas ao TCU contra o Cremesp foram posteriormente assumidas por dois ex-funcionários desta Casa demitidos por justa causa. Para apurá-las, o Tribunal de Contas fez uma extensa e profunda auditoria in loco em todas as contas do Cremesp dos últimos sete anos, analisando milhares de documentos.

Após a profunda análise, os técnicos do Tribunal de Contas fizeram um relatório preliminar sobre alguns poucos pontos que deveriam ser esclarecidos. O Cremesp enviou ao TCU, há quatro meses, seus esclarecimentos, acompanhados de uma centena de documentos que comprovam a lisura e idoneidade do Cremesp. Antes que o TCU pudesse analisá-los foi divulgado um documento preliminar – inescrupulosamente – como sendo uma sentença, o que é absolutamente incorreto.

Imprensa
Ao contrário de todos os grandes jornais que receberam o documento preliminar e concluíram que sua inconsistência e o fato de não ser uma conclusão final não justificavam matéria jornalística, o Jornal da Tarde interessou-se pelo assunto, dando um prazo exíguo para o Cremesp responder à reportagem.

Para ter tempo de elaborar sua resposta no tempo correto e justo, o Cremesp solicitou uma liminar, concedida pelo juiz, por 72 horas, tempo necessário para dar suas respostas às indagações do jornal, como de fato ocorreu. O presidente e um diretor do Cremesp foram pessoalmente à sede do Jornal do Tarde entregar o documento com a posição desta Casa.

Confira nas próximas páginas os esclarecimentos do Cremesp sobre os questionamentos preliminares do TCU e os documentos que comprovam a probidade e correção com que esta Casa tem sido administrada.

APM, Simesp e Academia de Medicina de São Paulo
divulgam moção de apoio

A Associação Paulista de Medicina (APM), o Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) e a Academia de Medicina de São Paulo vêm a público posicionar-se quanto às reportagens publicadas em 1º de julho de 2008, em periódicos paulistas, sobre supostos “questiona¬mentos” administrativos no âmbito do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), em avaliação por processamento pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

A APM, o Simesp e a Academia têm absoluta convicção da lisura com que o Cremesp é dirigido historicamente, e particularmente nos últimos anos. À frente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo estão médicos idôneos, estão homens e mulheres idôneos comprometidos com a transparência administrativa, com a boa gestão e, ao mesmo tempo, conscientes da importância desse órgão: um patrimônio da medicina paulista e brasileira, dos médicos e dos cidadãos.

No processo em andamento, motivado por denúncias anônimas e aparentemente com fins eleitoreiros, o Cremesp iniciou por conta própria, e antes de intimado a prestar quaisquer esclarecimentos, uma sindicância administrativa interna para apuração dessas denúncias. Houve, inclusive, uma auditoria específica do Conselho Federal de Medicina, que não apontou irregularidade alguma.

Ao longo de sua história, o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo tem se posicionado em defesa dos princípios éticos e do estado de Direito. Se hoje os médicos brasileiros são apontados em diversas pesquisas de opinião pública como uma das instituições de mais credibilidade entre os cidadãos, isso muito se deve à postura séria do Cremesp de lidar com o exercício da medicina sem corporativismo, de forma ética, e de colocar sempre em primeiro plano os interesses da população, seja no campo da saúde quanto nos terrenos da probidade e das liberdades democráticas.

A APM, o Simesp, a Academia e seus dirigentes, não apenas como médicos, mas também como pacientes e cidadãos, se solidarizam com o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, inclusive por estar participando ativamente do processo de apuração das denúncias, muitas delas anônimas.

Como o próprio Cremesp, queremos que todas elas sejam minuciosamente apuradas e que a verdade seja a grande vitoriosa desse processo.

São Paulo, 1º de julho de 2008

Associação Paulista de Medicina
Sindicato dos Médicos do Estado de São Paulo
Academia de Medicina de São Paulo


Este conteúdo teve 1442 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

Delegacia da Vila Mariana:
Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 59 usuários on-line - 1442
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior